Brasil

Furnas apura causa da falha que deixou imóveis do DF sem luz

O problema afetou as regiões de Ceilândia, Taguatinga, Guará, Estrutural, Lúcio Costa, Vicente Pires, que ficaram sem energia entre as 6h55 e 7h37


	Plano Piloto: forte chuva atingiu a região nesta tarde, causando interrupções pontuais de energia
 (Wikimedia Commons)

Plano Piloto: forte chuva atingiu a região nesta tarde, causando interrupções pontuais de energia (Wikimedia Commons)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de janeiro de 2015 às 18h11.

Brasília - A estatal Furnas, controlada pela Eletrobras, informou que ainda apura as causas do curto-circuito que deixou 257 mil imóveis do Distrito Federal sem energia na manhã desta quinta-feira, 22.

O problema afetou as regiões de Ceilândia, Taguatinga, Guará, Estrutural, Lúcio Costa, Vicente Pires, que ficaram sem energia entre as 6h55 e 7h37.

Por meio de nota, a empresa declarou que houve um curto-circuito em um transformador de conexão com a subestação de energia Brasília Sul.

Segundo a empresa, "os dispositivos de proteção atuaram corretamente e provocaram o desligamento automático deste transformador".

"Imediatamente após a ocorrência, foi iniciado o processo de recomposição do sistema de transmissão, tendo o mesmo sido completamente restabelecido às 07h37min. As causas do curto-circuito estão sendo apuradas", informou a estatal.

Uma forte chuva atingiu a região do Plano Piloto, em Brasília, nesta tarde, causando interrupções pontuais de energia.

Acompanhe tudo sobre:distrito-federalEletrobrasEmpresasEmpresas estataisEnergiaEnergia elétricaEstatais brasileirasFurnasHoldingsServiços

Mais de Brasil

Tarcísio estima economia de R$ 1,7 bi por ano com auditoria de aposentadorias e prova de vida

Às vésperas de posse na Petrobras, Magda Chambriard já dá expediente na companhia

PF pede inquérito contra Chiquinho Brazão por suspeita de desvio de emendas parlamentares

Claudio Castro é absolvido após TRE-RJ formar maioria contra cassação

Mais na Exame