Brasil

Decreto presidencial declara luto oficial de 3 dias pelo falecimento de Pelé

O texto está publicado em edição extra do "Diário Oficial da União"

Pelé durante inauguração de campo de futebol no Rio de Janeiro. (Ricardo Moraes/Reuters)

Pelé durante inauguração de campo de futebol no Rio de Janeiro. (Ricardo Moraes/Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 29 de dezembro de 2022 às 20h43.

Última atualização em 29 de dezembro de 2022 às 21h00.

O presidente Jair Bolsonaro editou na noite desta quinta, 29, decreto declarando luto oficial de três dias pelo falecimento de Edson Arantes do Nascimento, o rei Pelé. O texto está publicado em edição extra do Diário Oficial da União.

Pelé morreu hoje em São Paulo, aos 82 anos. Ele estava em tratamento de um câncer no cólon e internado no Hospital Albert Einstein.

Mais cedo, em nota oficial, a Presidência da República e o presidente Bolsonaro prestaram as condolências a familiares de Pelé. A nota destaca que o jogador foi um dos maiores atletas de todos os tempos. "O único tricampeão mundial demonstrou por suas ações que, além de grande atleta, foi também um grande cidadão e patriota, elevando o nome do Brasil por onde passou."

LEIA TAMBÉM:

    Acompanhe tudo sobre:Jair BolsonaroPelé

    Mais de Brasil

    Secretário de Turismo diz que 53% das atrações públicas do RS foram danificadas

    Prefeito de Canoas diz que reconstrução de prédios públicos demanda mais de R$ 200 milhões

    OPINIÃO: Nunca esqueceremos

    Enchentes no RS: sobe para 155 o número de mortos; 94 pessoas seguem desaparecidas

    Mais na Exame