Brasil

Chuvas no RS: governo anuncia critérios para receber R$ 2 mil do Pix SOS; veja quem tem direito

Eduardo Leite afirmou que mais de R$ 93 milhões foram arrecadados por meio da chave Pix do estado

Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul (Gustavo Mansur/ Palácio Piratini/Divulgação)

Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul (Gustavo Mansur/ Palácio Piratini/Divulgação)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 13 de maio de 2024 às 15h55.

Última atualização em 3 de junho de 2024 às 19h12.

Tudo sobreEnchentes no RS
Saiba mais

Nesta segunda-feira, 13, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, divulgou os requisitos para as famílias afetadas pelas chuvas que devastaram o estado receberem o Pix SOS Rio Grande do Sul. A medida visa ajudar a população a iniciar o processo de recuperação e reconstrução de suas casas.

Mais cedo, o Comitê Gestor do Pix estabeleceu que cada família prejudicada pelas enchentes das últimas semanas receberá o valor de R$ 2 mil.

Em coletiva de impresa, o governador afirmou que mais de R$ 93 milhões foram arrecadados "com a participação da sociedade civil de todo o Brasil" por meio da chave Pix do estado. O governo gaúcho espera dar suporte para cerca de 45 mil famílias.

"É claro que R$ 2 mil não resolvem tudo, mas é uma ajuda importante para muita gente que perdeu tudo neste momento voltar a ter confiança na capacidade de se reestabelecer", diz Leite

Na última semana, o governador fez uma declaração para incentivar novas doações de brasileiros de outros estados para apoiar os moradores do Rio Grande do Sul. Ele enfatizou que as doações feitas via Pix para as vítimas das enchentes não são direcionadas para o governo e, na verdade, para uma instituição privada, que vai distribuir os valores em ações de ajuda à população.

"O Pix não é para o governo. O Pix é para uma conta de uma entidade privada que é da Associação dos Bancos do Rio Grande do Sul. Não é dinheiro para o governo, para fazer, nenhuma das ações que nós anunciamos aqui vai consumir os recursos do Pix", reforçou.

Quem receberá o benefício do Pix SOS RS?

  • Pessoas desabrigadas ou desalojadas por causa das enchentes, moradores nos municípios que tiveram situação de calamidade reconhecida pela Defesa Civil;
  • Pessoas inscritas no CadÚnico ou no Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF);
  • Pessoas que não tenham sido contempladas pelo programa Volta por Cima;
  • Pessoas com renda familiar de até três salários mínimos.

Estado de calamidade

Nesta segunda-feira, 13, a Defesa Civil do Rio Grande do Sul divulgou que o número de mortos devido às fortes chuvas que se alastram no estado subiu para 147.

Na noite de domingo, foram registradas 145 mortes. Já o número de desaparecidos reduziu para 127 na atualização mais recente. Ao todo, 806 pessoas estão feridas por causa dos temporais e mais de 2 milhões foram afetadas.

Acompanhe tudo sobre:PIXRio Grande do SulEnchentes no RS

Mais de Brasil

Farmácia Popular passa a oferecer 95% dos medicamentos gratuitamente

André Mendonça, do STF, dá 30 dias para governo concluir renegociação das multas da Lava-Jato

Força-tarefa extingue 30 pontos de queimada no Pantanal, diz Marina

CCJ do Senado adia votação da PEC do marco temporal de áreas indígenas

Mais na Exame