Boletim médico: Bolsonaro já apresenta início dos movimentos intestinais

Porta-voz do governo diz que expectativa é de que o presidente tenha alta na próxima semana

São Paulo - Quatro dias após ser submetido a uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia, o presidente Jair Bolsonaro já apresenta sinais de início dos movimentos intestinais, diz boletim médico divulgado nesta sexta-feira, 1º, pelo Hospital Albert Einstein. A alimentação oral, no entanto, ainda está suspensa.

"Permanece com quadro clínico estável, já apresentando sinais de início dos movimentos intestinais. Segue com dieta parenteral (endovenosa) exclusiva, sem infecção ou outras complicações", diz o boletim, complementando que o presidente continua realizando fisioterapia respiratória e períodos de caminhada fora do quarto.

Por ordem médica, as visitas estão restritas. De acordo com o Planalto, se Bolsonaro puder receber mais pessoas além da família e de auxiliares próximos, isso só ocorrerá a partir de segunda-feira, 4.

Alta

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, manifestou a expectativa de que o presidente volte a Brasília na próxima semana. "A alta dar-se-á quando ele estiver plenamente apto a fazer seu retorno a Brasília. Mas a evolução é muito boa. Nossa expectativa é que seja na semana que vem", disse. Ele evitou, no entanto, especificar um dia para o retorno, já que dependerá da recuperação de Bolsonaro.

O porta-voz disse que o presidente está acompanhando o primeiro dia de atividades no Congresso Nacional, quando deputados e senadores tomaram posse e haverá a eleições das Mesas da Câmara e do Senado. Assim que os resultados forem confirmados, Bolsonaro parabenizará os eleitos, por meio de nota. Segundo o porta-voz, ele provavelmente usará também o Twitter para cumprimentar os presidentes das duas casas legislativas.

Rêgo Barros mostrou otimismo com a evolução na recuperação do presidente.

"Ele ainda tem restrição, sob o ponto de vista médico, de falar. Mas naturalmente, à medida que ele vai melhorando e o corpo vai se adaptando a essas questões referentes à cavidade abdominal, ele vai iniciando um processo natural de conversação. Ele ligou para os senadores, conversou com o Heleno. Vem estabelecendo contatos com algumas pessoas, ainda que por períodos, mas vem, sim, falando", disse Rêgo Barros.

Rêgo Barros também adiantou que existe uma previsão de que Bolsonaro visite os Estados Unidos em março. "[Visita para] Estados Unidos: previsão é para março e [visita a] outros países ainda em programação. Mesmo [em relação aos] Estados Unidos, ainda está sendo costurada essa visita". O porta-voz confirmou que há um planejamento para Bolsonaro visitar Israel, mas o mês ainda não está definido.

O presidente Jair Bolsonaro recebeu hoje um grupo de musicoterapia e pediu para que tocassem uma música sertaneja da dupla Chitãozinho e Xororó. "O presidente pediu que tocassem a música Evidências, que ele gosta bastante. Se emocionou muito e agradeceu o grupo", disse o porta-voz.

O próprio Bolsonaro divulgou no Twitter o momento em que recebeu os músicos em seu quarto.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.