Acompanhe:

TikTok é eleita a marca que mais cresce em valor no mundo

No ranking das 500 marcas mais valiosas, o setor de tecnologia segue no topo; saiba quanto valem as 10 maiores

Modo escuro

Continua após a publicidade
TikTok: valor da marca triplicou de um ano para o outro (NurPhoto/Getty Images)

TikTok: valor da marca triplicou de um ano para o outro (NurPhoto/Getty Images)

A
André Lopes

Publicado em 26 de janeiro de 2022 às, 12h00.

Última atualização em 27 de janeiro de 2022 às, 10h13.

TikTok foi nomeada a marca que mais cresce no mundo por um novo relatório publicado nesta quarta-feira, 26, pela consultoria Brand Finance. Com um crescimento de 215% no valor da marca do app, a empresa foi de US$ 18,7 bilhões no ano de 2020, para US$ 59 bilhões, em 2021.

Com essa valorização, a plataforma de vídeos conquistou o 18º lugar entre as 500 marcas mais valiosas do mundo, e se tornou o novo participante mais importante do Ranking Brand Finance Global 500.

No topo da lista, a Apple manteve o título de marca mais valiosa após um aumento de 35% (355 bilhões de dólares) – o maior valor já registrado na análise. 

A manutenção do pódio não é uma surpresa. Em 2021, a empresa comandada por Tim Cook se tornou a primeira a atingir uma avaliação de mercado de US$ 3 trilhões. Segundo o relatório, uma das chave do sucesso da marca foi diversificar a oferta de produtos e serviços aos clientes.

O iPhone ainda responde por cerca de metade das vendas da marca. No entanto, este ano a Apple deu mais atenção ao seu outro conjunto de produtos com uma nova geração de iPads, uma revisão do iMac e a introdução de AirTags. Sua gama de serviços, do Apple Pay ao Apple TV, também se fortaleceu e se tornou cada vez mais importante no portfólio. 

Impulso na pandemia

Com as restrições do covid-19 ainda em vigor em todo o mundo ao longo de 2021, os serviços de entretenimento digital, incluindo redes sociais e streaming, tiveram um crescimento contínuo, e segundo indica a Brand Finance, a ascensão do TikTok é uma prova de como o consumo de mídia está mudando para conteúdos mais simples e rápidos.

Contudo, o momento também serviu para cravar as gigantes da tecnologia como a indústria mais valiosa do mundo, seguido do varejo, com marcas como Amazon e Walmart.

O desenvolvimento de vacinas para o coronavírus também impulsonaram a indústria farmacêutica, nomeada pelo relatório com a indústria de mais rápido crescimento do momento. Nesse setor, a Johnson & Johnson continua sendo a mais valiosa, com um aumento de 24% no valor da marca (US$ 13,4 bilhões).

A nova participante do ranking AstraZeneca garantiu o título de empresa que mais cresce na categoria, com um notável aumento de 77% no valor da marca (US$ 5,6 bilhões), seguida pela Pfizer como a segunda que mais cresce, com 58% de crescimento, elevando o valor da marca para US$ 6,3 bilhão.

As dez marca mais valiosas do mundo em 2022:

1 - Apple / US$ 355 bilhões

2 - Amazon / US$ 350 bilhões

3 - Google / US$ 263 bilhões

4 - Microsoft / US$ 184 bilhões

5 - Walmart / US$ 111 bilhões

6 - Samsung / US$ 107 bilhões

7 - Facebook / US$ 101 bilhões

8 - ICBC / US$ 75 bilhões

9 - Huawei / US$ 71 bilhões

10 - Verizon / US$ 69 bilhões

Últimas Notícias

Ver mais
MWC 2024: China Mobile e Huawei anunciam seus cronogramas para a comercialização de 5.5G
Tecnologia

MWC 2024: China Mobile e Huawei anunciam seus cronogramas para a comercialização de 5.5G

Há 4 horas

O que é IPv6? Huawei, Anatel e Inatel querem dobrar conectividade no Brasil
Tecnologia

O que é IPv6? Huawei, Anatel e Inatel querem dobrar conectividade no Brasil

Há 9 horas

Empresa chinesa diz que pode transformar carro elétrico em cinema
Tecnologia

Empresa chinesa diz que pode transformar carro elétrico em cinema

Há 10 horas

Meta formará equipe para combater fake news nas eleições da União Europeia
Tecnologia

Meta formará equipe para combater fake news nas eleições da União Europeia

Há 10 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais