Tecnologia
Acompanhe:

TDK 3 Speaker

Avaliação do editor Airton Lopes / Assim como os saudosos sistemas de áudio da era pré-CD que inspiraram seu design, o 3 Speaker Boombox também pode fazer sucesso nas ruas. Bastam 12 pilhas grandes (tamanho D), braço forte para carregar os 14 quilos de equipamento e a trilha sonora certa. Com um jogo de pilhas novas, […]

L
Leonardo Veras

23 de abril de 2012, 10h08

logo-infolab

Avaliação do editor Airton Lopes / Assim como os saudosos sistemas de áudio da era pré-CD que inspiraram seu design, o 3 Speaker Boombox também pode fazer sucesso nas ruas. Bastam 12 pilhas grandes (tamanho D), braço forte para carregar os 14 quilos de equipamento e a trilha sonora certa. Com um jogo de pilhas novas, a chance de o som acabar no meio da festa é inexistente. No INFOlab, a caixa tocou música em um volume considerável por 44 horas e 58 minutos sem depender da tomada. As canções que saem dos dois alto-falantes e do subwoofer vêm de equipamentos ligados nas entradas P2 (como celulares, MP3 players ou notebooks), RCA estéreo e USB. Nesta última dá para plugar pen drives com faixas em MP3 e WMA e o cabo para conexão de iPod, iPhone e iPad. Também tem rádio e tomada P10, para ligar instrumentos musicais. O áudio produzido é forte e de boa qualidade, mas perde em fidelidade equilíbrio de tons para outras docks de primeira linha com preços melhores. Falta um controle remoto.

Avaliação de Leonardo Veras / Como em todo design retrô, os ecos do passado se misturam a recursos do presente nesse aparelho de som. Além dos dois botões tradicionais, a interface com o aparelho se dá através de duas duas pequenas telas iluminadas por LED e de nove botões sensíveis ao toque. Parece muito, mas é só aparência mesmo.

Não existem muitas opções de ajuste no 3 Speaker. A equalização, por exemplo, se resume ao ajuste do grave e do agudo. As telas também não exibem muitas informações das músicas, cujos nomes são fornecidos pelo nome do arquivo e não pelas ID tags. Os nove botões cumprem funções básicas (“play”, “pause”, etc.) mudam a fonte da música do USB para a P2, por exemplo. Embora esse número seja um tanto exagerado, trata-se de uma solução menos frustrante do que seria a de um único botão “mode” que circulasse entre todas essas entradas. Uma falta bem inconveniente na área da interface é a ausência de um controle remoto. Tudo bem, o 3 Speaker é uma boombox, mas ninguém vai sair pelas ruas carregando-o sobre o ombro.

Esta é uma interface simples no layout e no uso. A facilidade é apreciada especialmente na hora de ajustar o grave, algo que os eventuais donos do 3 Speaker provavelmente farão com frequência. A potencia total de 35 W do aparelho é divida entre dois alto-falantes de 10 W e um pesado subwoofer de 15 W. Previsivelmente, o áudio em geral tende mais para o grave. Aliás, os sons de frequência baixa são pesados, mas distorcem um pouco, ao contrário dos agudos. Músicas em que predomina o agudo, como o Concerto para Dois Violinos, por exemplo, ficam melhores depois de alguns ajustes. A potência é mais do que o suficiente para preencher uma sala ampla.

Vídeo

http://videos.abril.com.br/info/id/2c9f94b63608c227013608c407b80001

Embora não falte espaço nessa boombox, a TDK decidiu relegar a função da já tão aceita dock com conexão de 30 pinos para um cabo USB incluso na caixa. O ideal mesmo seria a presença do Bluetooth, mas, já que os cabos são incontornáveis, o fio daquele que acompanha o aparelho poderia ser um pouco mais longo. Também notamos que o som é bem mais alto quando o sinal passa por uma porta USB do que quando o mesmo atravessa uma P2. Por outro lado, enquanto qualquer formato pode ser executado via P2 por motivos óbvios, o mesmo não se dá pela USB, que só reconhece pen drives com músicas em MP3 ou WMA. Há ainda suporte a rádio FM e AM. Cada modulação utiliza sua própria antena.

Uma característica que deve ser comentada é o fato de que nem todos os aparelhos conectados pelo cabo de 30 pinos podem ser carregados pela boombox. Como as USB não são energizadas, aparelhos que demandam mais eletricidade acabam perdendo carga enquanto estão ligados ao 3 Speaker. Esse é um deslize considerável para um aparelho de som que sequer é capaz de reproduzir música sem o uso de fios.

Ficha técnica

Potência 35 W RMS
Conexões P2, P10, RCA estéreo, USB
Compatibilidade MP3, WMA. Rádio AM e FM
Bateria 44h58min

Avaliação técnica

Prós Design retrô; suporte a pilhas; som potente;
Contras Ausência do controle remoto; concorrência oferece melhor qualidade de som e recursos como Wi-Fi e Bluetooth
Conclusão O 3 Speaker é um bom aparelho de som que pode conferir muito estilo para qualquer cômodo de uma sala, mas seu preço é um tanto elevado para o que é oferecido;
Áudio 8,3
Compatibilidade 8,3
Recursos 7,5
Conexões 7,6
Design 8
Média 8.0
Preço R$ 3699