Tecnologia

SEC abre investigação por ciberataques ao Yahoo

Segundo o Wall Street Journal, a SEC pediu em dezembro à companhia documentos sobre os ataques virtuais

Yahoo: companhia anunciou em setembro passado que em 2014 hackers roubaram dados pessoas de mais de 500 milhões de contas (Justin Sullivan/Getty Images)

Yahoo: companhia anunciou em setembro passado que em 2014 hackers roubaram dados pessoas de mais de 500 milhões de contas (Justin Sullivan/Getty Images)

A

AFP

Publicado em 23 de janeiro de 2017 às 14h16.

A comissão reguladora financeira dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) abriu uma investigação para verificar se o Yahoo informou aos investidores previamente a dois grandes vazamento de informação, noticiou o Wall Street Journal, citando fontes próximas ao tema.

A SEC pediu em dezembro à companhia tecnológica documentos sobre os ataques virtuais, disse o jornal.

As leis americanas obrigam as companhias que são vítimas de ataques que revelem quando considerarem que poderão afetar o preço das ações.

O Yahoo anunciou em setembro passado que em 2014 hackers roubaram dados pessoas de mais de 500 milhões de contas de usuários, e em dezembro admitiu outro ataque, em 2013, que afetou aproximadamente 1 bilhão de usuários.

De acordo com o jornal, a investigação da SEC se concentra em averiguar por que o Yahoo demorou tantos anos para revelar os ataques de 2013 e de 2014.

Acompanhe tudo sobre:HackersSECYahoo

Mais de Tecnologia

NIO lança estação que realiza troca de bateria em apenas 3 minutos

Aeroportos registram queda no extravio de bagagens após implementação de novas tecnologias

Volta do presencial prejudica profissionais de tecnologia do Norte e Nordeste

IBM Consulting troca gerente geral para renovar foco em projetos de inteligência artificial

Mais na Exame