Acompanhe:

Prejuízo da Barnes & Nobles diminui; vendas do Nook recuam

A companhia tem participação no mercado de e-books dos Estados Unidos entre 25% e 30%

Modo escuro

Continua após a publicidade

	As vendas de conteúdo digital de alta margem por meio do Nook subiram 46% no primeiro trimestre encerrado em 28 de julho
 (Divulgação)

As vendas de conteúdo digital de alta margem por meio do Nook subiram 46% no primeiro trimestre encerrado em 28 de julho (Divulgação)

D
Da Redação

Publicado em 21 de agosto de 2012 às, 14h48.

A Barnes & Noble afirmou que as vendas de seu leitor digital Nook caíram, levando a um recuo de suas ações, apesar de ter informado um prejuízo trimestral menor do que o esperado.

A companhia, cuja participação no mercado de e-books dos Estados Unidos fica entre 25 e 30 por cento, disse que as vendas do Nook sofreram com os preços mais baixos de vendas e porque poderia não atingir a demanda para o produto que permite a leitura no escuro.

As vendas de conteúdo digital de alta margem por meio do Nook subiram 46 por cento no primeiro trimestre encerrado em 28 de julho, disse a empresa, mas as vendas totais, incluindo dispositivos Nook, aumentaram apenas ligeiramente, para 192 milhões de dólares, ante 191,4 milhões dólares um ano antes.

"Enquanto as vendas de conteúdo digital aumentaram 46 por cento, estamos desanimados com a queda significativa das vendas unitárias dos dispositivos Nook, apesar dos cortes de preços", disse em relatório o analista Michael Souers, da S&P Capital IQ.

As ações da Barnes & Noble caíam 2,18 para 12,08 dólares na bolsa de Nova York, às 14h18 (horário de Brasília).

As receitas totais da companhia subiram 2,5 por cento, para 1,5 bilhão de dólares.

A Barnes & Noble disse que o prejuízo líquido para o trimestre caiu para 41 milhões de dólares, ou 0,78 dólar por ação, ante 56,6 milhões de dólares, ou 0,99 dólar por ação, um ano antes.

Em média, analistas esperavam prejuízo de 0,98 dólar por ação, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

Últimas Notícias

Ver mais
GPA lança follow-on mirando de R$ 500 milhões a R$ 1 bi
Exame IN

GPA lança follow-on mirando de R$ 500 milhões a R$ 1 bi

Há 4 horas

Depois do primeiro ano com Extrafarma, Pague Menos acelera conversão de lojas e ganhos de sinergia
Exame IN

Depois do primeiro ano com Extrafarma, Pague Menos acelera conversão de lojas e ganhos de sinergia

Há 6 horas

Sob nova direção, The Body Shop tem futuro incerto
Exame IN

Sob nova direção, The Body Shop tem futuro incerto

Há 10 horas

Marisa troca comando — de novo; ex-Riachuelo vai ser CEO
Exame IN

Marisa troca comando — de novo; ex-Riachuelo vai ser CEO

Há 16 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais