Tecnologia

Novo Moto G Play tem bateria para o dia todo por R$ 899

Smartphone da Lenovo tem bateria de 2.800 mAh e câmeras de 8 MP e 5 MP

Moto G Play: smartphone tem bateria com capacidade de 2.800 mAh (Divulgação/Lenovo)

Moto G Play: smartphone tem bateria com capacidade de 2.800 mAh (Divulgação/Lenovo)

Lucas Agrela

Lucas Agrela

Publicado em 4 de agosto de 2016 às 16h02.

São Paulo – A Lenovo lança hoje (4) no mercado brasileiro o smartphone chamado Moto G Play. O produto tem preço sugerido de 899 reais e a fabricante promete que a sua bateria aguenta um dia todo de uso. 

O gadget tem tela HD de 5 polegadas, processador quad-core, 2 GB de memória RAM, 16 GB de armazenamento interno e câmeras de 5 MP e 8 MP, respectivamente, frontal e traseira.

A bateria é um dos destaques do Moto G Play porque ela tem capacidade acima da média. Enquanto aparelhos concorrentes com preços abaixo de mil reais têm baterias de 2.000 mAh, o smartphone da Lenovo chega com 2.800 mAh.

Com isso, a marca informa que o produto pode oferecer um dia todo de uso misto. Em outras palavras, ele não vai aguentar um dia todo jogando Pokémon Go, mas dá conta de navegar em redes sociais, ver vídeos, tirar fotos, ler e-mails e mandar mensagens no WhatsApp.

Quem precisar de bateria rapidamente, pode usar o carregador turbo que vem na caixa do novo smartphone. Após alguns minutos na tomada, o gadget oferece horas de uso ao consumidor.

O sistema Android Marshmallow que vem no Moto G Play tem poucas modificações de interface, dessa forma, mantendo o padrão adotado pela marca nas outras duas versões do Moto G, chamadas Moto G4 e Moto G4 Plus.

O Moto G Play está disponível nas redes de varejo brasileiras a partir de hoje. Uma versão com TV Digital e capa extra também poderá ser encontrada à venda.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas americanasEmpresas chinesasempresas-de-tecnologiaIndústria eletroeletrônicaLenovoMotorolaSmartphones

Mais de Tecnologia

Novo app permite instalar jogos retrô da Nintendo no iPhone; saiba como

Neuralink, de Elon Musk, fará teste de implante cerebral em novo voluntário

Contra Huawei, Apple corta preço de iPhone na China

TikTok passa a testar vídeos de 60 minutos e acirra disputa com YouTube

Mais na Exame