Tecnologia

Minha saúde está boa, diz Page aos funcionários

Anúncio da empresa de que Page não poderia participar de alguns compromissos por causa de um problema de voz foi o ponto de partida de boatos sobre a saúde do CEO

Larry Page: o Google, por enquanto, ainda não se manifestou sobre as especulações sobre a misteriosa doença que deixou o CEO impossibilitado de falar (Getty Images)

Larry Page: o Google, por enquanto, ainda não se manifestou sobre as especulações sobre a misteriosa doença que deixou o CEO impossibilitado de falar (Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 25 de junho de 2012 às 14h14.

São Paulo – Larry Page, o CEO do Google, enviou um e-mail aos funcionários na última sexta-feira afirmando que a sua saúde está bem. A informação é do jornal americano Wall Street Journal.

Ele foi motivado por duas coisas: pelas especulações de que estaria muito doente por conta de um câncer de tireoide avançado e, que por isso, teria pouco tempo de vida.

As duas especulações surgiram ontem, quando o Google anunciou que Page não poderia participar de uma importante reunião com acionistas da empresa e iria se ausentar do Google IO (conferência de desenvolvedores) e outras reuniões por causa de um problema de voz.

No e-mail, Page diz que, apesar de ausente, ele está no comando da empresa.  E que está acompanhando todas as decisões importantes. E, assim que ele estiver recuperado, voltará ao dia a dia dos compromissos in loco.

Segundo o jornal, alguns executivos do Google – que têm contato com Page – informaram em off que a condição da saúde dele não é grave. E que em breve estará curado do problema na voz.

Segundo alguns médicos que falaram à imprensa americana, o CEO deve ter uma inflamação na laringe. A doença não é grave, contudo, é incomoda – porque exige que o doente fique alguns dias sem falar.


O Google, por enquanto, ainda não se manifestou sobre as especulações sobre a misteriosa doença que deixou Page impossibilitado de falar.

Steve Jobs

O caso aguçou não só a imprensa – alguns veículos dos Estados Unidos reclamaram do jeito como o Google trata o caso - mas também os investidores, afirmou o Wall Street Journal.

Pelo fato do executivo estar sumido até da rede social Google Plus, onde postava duas mensagens por semana, investidores disseram que ele pode ter um câncer ou uma doença mais grave. E que o Google estaria escondendo a história, assim como a Apple escondeu o câncer de Steve Jobs em 2009 – quando anunciou ao mercado que ex-CEO da Apple tinha apenas um desequilíbrio hormonal.  Até Jobs afirmou na época que a sua doença não era grave.

Por conta disso, alguns investidores estudam pedir uma espécie de atestado para ver qual é a condição real do mandatário do Google.

Acompanhe tudo sobre:EmpresáriosEmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiagestao-de-negociosGoogleLarry PagePersonalidadesTecnologia da informação

Mais de Tecnologia

Vício em TikTok? O que é 'brainrot' e por que o termo está tão em alta

Mais 168 cidades podem ter internet 5G a partir de sexta-feira; veja a lista

Carros autônomos: os robotáxis começam a virar realidade para a Waymo, do Google

Empresa chinesa avança em tecnologia quântica com novo termômetro de óxido de rutênio

Mais na Exame