Mais de 120 mil pessoas caem em promoção falsa do iFood 

Circulando no WhatsApp desde o início da semana, mensagem falsa promete um desconto de R$ 100 para quem comprar na plataforma de pedido e entregas de comida
iFood: Ainda não se sabe o que a falsa campanha pode ter causado nos aparelhos de quem  acessou o link e compartilhou com amigos (iFood/Divulgação)
iFood: Ainda não se sabe o que a falsa campanha pode ter causado nos aparelhos de quem  acessou o link e compartilhou com amigos (iFood/Divulgação)
N
Naiara BertãoPublicado em 24/08/2018 às 19:41.

Uma promoção que circula desde o início da semana no canal de mensagens instantâneas What’sApp já foi acessada por 124. 000 vítimas apenas nos últimos três dias, de acordo com a empresa especializada em cibersegurança PSafe. A mensagem promete um cupom de desconto de R$ 100 para pedir refeições no aplicativo iFood, uma suposta campanha de aniversário da empresa. Em troca, pede que a pessoa responda um questionário através de um link e depois compartilhe a mensagem. O risco, de acordo com a PSafe, é de que essas pessoas tenham seus dados pessoais roubados e usados em outros golpes, como cadastrar o número da pessoa em SMS pago ou instalar um malware no aparelho, uma espécie de software espião.

O iFood esclareceu, em nota, que a mensagem do cupom de R$ 100 é falsa e recomenda que ela seja ignorada porque pode conter vírus. Também diz que está apurando internamente o caso para tomar as medidas cabíveis. Reforçou que os únicos canais de comunicação oficiais com os clientes são por meio da plataforma (por mensagens tipo ‘push’), e-mails, site oficial e WhatsApp business, identificado com o selo verde de conta verificada nas informações de contato.

“Utilizar marcas famosas e reconhecidas no mercado é uma das principais estratégias dos cibercriminosos. Essa é uma forma de passar a ideia de que pode ser mesmo algo verdadeiro. Além disso, a estratégia de solicitar o compartilhamento via aplicativo de mensagem é perfeita para que o golpe se espalhe rapidamente. Por isso é muito importante que as pessoas estejam atentas ao que recebem via aplicativos de mensagens, independentemente de quem enviou e da marca em questão.”, comenta Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, laboratório especializado em cibersegurança da PSafe.

Golpe

Na campanha falsa, a pessoa é orientada a clicar em um link para responder três perguntas sobre o serviço do iFood: “Conhece o funcionamento do iFood?”; “Possui o aplicativo instalado no seu smartphone?”; e “Indicaria o iFood para amigos e familiares?”. Na sequência, pede para que o usuário compartilhe com amigos para, supostamente, autenticar o cupom – a validação seria, então, enviada por SMS. Há ainda uma falsa seção de comentários com pessoas que teriam conseguido o suposto benefício.

Ainda não se sabe o que a falsa campanha pode ter causado nos aparelhos de quem  acessou o link e compartilhou com os amigos via What’sApp. Pela praticidade e o rápido alcance, o aplicativo de mensagem instantânea também é um dos principais canais de divulgação de notícias falsas (fake news).