Acompanhe:

HP EliteBook Revolve 810

Avaliação de Airton Lopes/ Com uma configuração que não faz feio diante de portáteis de qualquer tamanho, este ultrabook híbrido com tela sensível ao toque de 11,6 polegadas é um dos mais poderosos que passaram pelo INFOlab. Ele mostrou bom desempenho nos testes e tem recursos interessantes, como NFC, modem 3,5G e uma porta de rede […]

Modo escuro

Continua após a publicidade
Bateria

Bateria

A
Airton Lopes

Publicado em 13 de fevereiro de 2014 às, 19h18.

logo-infolab

Avaliação de Airton Lopes/ Com uma configuração que não faz feio diante de portáteis de qualquer tamanho, este ultrabook híbrido com tela sensível ao toque de 11,6 polegadas é um dos mais poderosos que passaram pelo INFOlab. Ele mostrou bom desempenho nos testes e tem recursos interessantes, como NFC, modem 3,5G e uma porta de rede Gigabit Ethernet que não exige adaptador, algo incomum em um laptop tão compacto. O teclado retroiluminado tem tamanho adequado e é preparado para resistir a respingos.

O visual não arranca suspiros, mas o design agrada pelo bom acabamento, pela robustez e qualidade da construção. Feito de magnésio, o corpo sustenta a tela sobre um pivô para ser girada e deitada, transformando o Revolve em tablet. O vidro Gorilla Glass sobre o LCD é bom por aguentar pancadas e não riscar, mas reflete bastante as luzes do ambiente, o que incomoda em jornadas de trabalho mais longas. Com 1 hora e 57 minutos em uso intenso, a duração de bateria poderia ser melhor.

Avaliação de Lucas Agrela/ O EliteBook Revolve 810, da HP, é exatamente o que o nome diz: um ultrabook de elite - e também voltado para a elite. Ele tem um design curioso e inovador, permitindo usar o modo tablet simplesmente girando a tela e fechando a tampa do aparelho. Dessa forma o teclado fica escondido sob o display.

O desing do Elibook Revolve é bastante simples, de modo geral. O encaixe da tela de 11,6 polegadas (1366p por 768p)  é leve o suficiente para proporcionar um ajuste fácil. O ponto de ligação entre a tela e a base não tem nenhuma falha visível de construção e a solidez da máquina sugere que ela não se tornará um problema.   

Além do modo tablet, a tela giratória oferece boa usabilidade para outras atividades: ela pode ser facilmente ajustada por alguém que está trabalhando com outra máquina ou com um colega, por exemplo. Contudo, vale destacar que a tela só gira em sentido anti-horário.

Esse aparelho é um dos poucos utlrabooks híbridos que utilizam baterias removíveis, algo que oferece maior vida útil ao produto. 

Configurações

A configuração do aparelho é bastante poderosa: processador Intel Core i7 (Ivy Bridge 3687U de 2,1 GHz), placa gráfica Intel HD Graphics 4000, memória RAM de 8 GB, SSD de 256 GB e sistema Windows 8. Esse elementos proporcionaram ótimos resultados do aparelho nos benchmarks realizados pelo INFOlab. Veja abaixo:

EliteBook Revolve 810
PCMark 7 - 5.034 pontos
Geekbench - 7.510 pontos

Sony Vaio 11
PC Mark 7 – 4.434
Geekbench 7.531

Acer Aspire R7 (Intel Core i5)
PC Mark 7 – 2.747
Geekbench – 6.238

Bateria

Durante os testes do INFOlab, o EliteBook Revolve aguentou 1h57 na execução de softwares e 4h56 de reprodução de vídeos. A autonomia é relativamente boa, mas se comparamos com a do Sony Vaio Duo 13, ela ficou quase equipada no uso de programas, mas perde por cerca de duas horas quando executamos testes com filmes. Ou seja, a bateria poderia ter uma durabilidade maior.

Foto por: INFO

Usabilidade

A tela sensível ao toque não apresentou problemas de uso, sendo bastante responsiva aos comandos. No modo tablet, contudo, o aparelho fica um tanto pesado para segurar, já que ele tem 1,38 kg.O mais recomendável é usar o produto apoiado sobre uma mesa. A tela não se destaca do teclado em momento algum.

A tela não impressiona pela resolução, mas, por ser pequena, exibe detalhes razoavelmente agudos. As cores e o brilho também são agradáveis. O display do ultrabook em um dia de trabalho não deve apresentar problemas, mas vale considerar que ela é bem mais reflexiva do que costumam ser as telas de máquinas voltadas para o ambiente corporativo.

Se fosse necessário apontar pontos negativos de usabilidade, não poderiam ficar de fora o tamanho do touchpad, bem como o baixo volume dos alto-falantes do EliteBook 810. O touchpad sofreu com o design da tela giratória: o display repousa sobre uma base logo acima do teclado, o que limitou o tamanho do touchpad -  ele mede 9,2 por 5 cm, um tamanho abaixo da média dos ultrabooks. O touchpad também ignorou muitas vezes comandos realizados com dois dedos.

Uma característica que torna a máquina mais voltada para empresas é que ela não tem conexão HDMI, mas, sim, DisplayPort, que é muito usada por produtores de vídeos. O aparelho também conta com um modem 3G, que acessar a internet em qualquer lugar, bem como entrada Ethernet - algo incomum em ultrabooks híbridos.

Considerações Finais

O EliteBook Revolve 810 inegavelmente tem um design inovador. No entanto, fora a tela giratória, sua aparência é pouco atraente. Aliados a outros fatores supracitados, isso torna o ultrabook híbrido voltado para o ambiente corporativo. Talvez designers e produtores de vídeos possam usar o aparelho tanto no trabalho, quanto em casa, já que ele tem uma configuração potente que também favorece o uso para atividades de entretenimento.

Contudo, o alto custo do ultrabook híbrido - algo comum nesta categoria - é um empecilho para a aquisição: 6.899 reais. 

 

 

Ficha técnica

ProcessadorIntel Core i7 3687U - 2,1 GHz (máximo 3,3 GHz - 2 núcleos e 4 threads)
ChipsetIntel Ivy Bridge QM77 Express
Memória RAM8 GB DDR3l 1600 MHz
ArmazenamentoSSD 256 GB mSATA
Sistema Windows 8 Pro (64 bits)
Tela11,6 polegadas (1366p por 768p)

Avaliação técnica

PrósExcelente configuração; NFC; modem 3G; contrução sólida; bateria removível
ContrasÁudio um pouco fraco; design da tela limitou o tamanho do touchpad; muito caro
ConclusãoBom ultrabook híbrido para uso em empresas
Configuração9,0
Vídeo e Áudio7,9
Usabilidade8,8
Design modo notebook7,6
Design modo tablet6,9
Bateria7,1
Média8.1
PreçoR$ 6.899

Últimas Notícias

Ver mais
Berkshire Hathaway, de Buffett, zera participação na Stone e mantém uma ação sob 'sigilo'
seloMercados

Berkshire Hathaway, de Buffett, zera participação na Stone e mantém uma ação sob 'sigilo'

Há uma semana

Cliente diz ter sido ameaçado por usar notebook em padaria de Barueri
Brasil

Cliente diz ter sido ameaçado por usar notebook em padaria de Barueri

Há 3 semanas

Melhor notebook: veja os melhores modelos para comprar em 2024
ExameLab

Melhor notebook: veja os melhores modelos para comprar em 2024

Há 3 meses

Notebook gamer até 4000 reais: 6 modelos com bom custo-benefício
ExameLab

Notebook gamer até 4000 reais: 6 modelos com bom custo-benefício

Há 4 meses

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais