Tecnologia

Google cria plataforma para aumentar segurança das crianças na internet

"Seja Incrível na Internet" inclui conteúdo para educadores, pais e responsáveis dialogarem sobre segurança on-line

 (Valter Campanato/Agência Brasil)

(Valter Campanato/Agência Brasil)

LP

Laura Pancini

Publicado em 6 de fevereiro de 2022 às 10h04.

A segurança das crianças na internet é tema cada vez mais prioritário entre as famílias e instituições de ensino, principalmente com o aumento exponencial do uso de tecnologias, o que só foi intensificado durante o período da pandemia do coronavírus.

Como tentativa de contribuir para que crianças tenham uma experiência mais segura e confiante no ambiente on-line, o Google anunciou o lançamento da "Seja Incrível na Internet", plataforma educativa que convida pais, responsáveis e educadores a dialogarem sobre segurança on-line com conteúdos interativos.

O site conta com uma série de materiais e ferramentas desenvolvidas em parceria com especialistas globais em segurança digital, como Safernet, ConnectSafely e Family Online Safety Institute, com orientações, dicas, atividades e ferramentas para preparar crianças para usar a Internet de modo consciente e seguro.

Entre eles estão o Currículo do Seja Incrível na Internet com planos de aula sobre fundamentos de segurança e cidadania digital para serem usados nas salas de aula, o Guia da Família, o jogo educativo Interland, o guia de Bem-estar Digital e outros recursos.

O programa educativo se divide entre cinco trilhas:

  • Não caia em armadilhas (Fique Atento na Internet);
  • Proteja seus segredos (Seja Forte na Internet);
  • É legal ser gentil (Seja Gentil na Internet);
  • Na dúvida, fale com alguém (Seja Corajoso na Internet) e
  • Compartilhe com cuidado (Seja Inteligente na Internet).

Neste última, o objetivo é incentivar nas crianças o cuidado no momento de compartilhar informações e conteúdos na Internet, tratando a comunicação on-line da mesma forma que a offline. A dica aqui é criar regras sobre o que é ou não é adequado compartilhar na rede, tendo como foco a segurança dos dados pessoais de amigos e familiares.

 

Acompanhe tudo sobre:CriançasGoogleInternet

Mais de Tecnologia

Oracle encerra negócio de publicidade após queda de receita

Seu iPhone será atualizado? Confira a lista de quais modelos vão receber o novo iOS 18

A Apple conseguirá salvar o Vision Pro?

Americanos confiam mais no TikTok para notícias do que em outras redes, diz pesquisa

Mais na Exame