A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Google muda software de publicidade retirando DoubleClick e AdWords

Ferramenta básica para anúncios agora será chamada Google Ads

Nova York - O Google anunciou nesta quarta-feira a maior mudança de marca de seu software de publicidade, retirando as marcas DoubleClick e AdWords para simplificar os pontos de entrada para anunciantes e vendedores de anúncios.

Os executivos do Google disseram que suas taxas não estão mudando, e não serviços estão se fundindo. A empresa manterá o AdSense e Marcas da AdMob para tecnologias de vendas de anúncios voltadas para pequenos sites e desenvolvedores de aplicativos móveis, respectivamente.

Mas sua ferramenta básica para anúncios agora será chamada Google Ads, com acesso ao inventário na pesquisa do Google, seu YouTube serviço de vídeo, a loja de aplicativos do Google Play e 3 milhões de parceiros. A interface padrão do Google Ads será simplificada, disseram os executivos, com a automação alimentando o projeto de anúncios e decidir onde eles devem ser executados.

O software para compradores de anúncios será chamado de Google Marketing Plataform. O Google Ads Manager será uma ferramenta complementar para grandes vendedores.

Brian Wieser, analista financeiro que acompanha empresas de publicidade para a Pivotal Research, disse os serviços do Googlegeram muita confusão entre pessoas não imersas na indústria.

O AdWords foi lançado em 2000 para colocar anúncios de texto na pesquisa. O oogle adquiriu o software de publicidade DoubleClick em 2008.

Mas o aumento de preocupações com privacidade e monopólio no ano passado levaram críticos do Google a pedir que reguladores antitruste dividam o negócio de publicidade do Google, que tem um forte apoio em quase todos os elos da indústria.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também