Tecnologia

Goodyear apresenta pneu conceitual que despolui o ar

Apresentado durante o Salão Internacional de Automóveis de Genebra, o pneu conceitual tem sua lateral preenchida por musgos vivos

Pneu conceitual Oxygene, apresentado no Salão de Genebra. (Goodyear/Divulgação)

Pneu conceitual Oxygene, apresentado no Salão de Genebra. (Goodyear/Divulgação)

Vanessa Barbosa

Vanessa Barbosa

Publicado em 8 de março de 2018 às 11h48.

Última atualização em 8 de março de 2018 às 11h50.

São Paulo - E se além de não poluírem, os veículos elétricos também ajudassem a tornar o ar das cidades mais limpo? Atenta às oportunidades, a fabricante Goodyear idealizou um pneu que dá vida à mobilidade urbana mais sustentável do futuro: o Oxigene.

Apresentado durante o Salão Internacional de Automóveis de Genebra, o pneu conceitual tem sua lateral preenchida por musgos vivos.

A estrutura associada ao design inteligente do piso do pneu, que absorve e circula umidade e água da superfície da estrada, permite que o musgo realize fotossíntese e, portanto, retire dióxido de carbono (CO2) da atmosfera e libere oxigênio.  

Segundo os cálculos da Goodyear, em uma cidade de tamanho semelhante à área metropolitana de Paris, com cerca de 2,5 milhões de veículos, o projeto conceitual geraria cerca de 3.000 toneladas de oxigênio e absorveria mais de 4.000 toneladas de dióxido de carbono por ano.

Inspirada pelos princípios da economia circular, com ênfase na redução do desperdício de materiais, a empresa utilizou borracha reciclada de outros pneus na produção do Oxygene. 

Eficiente em energia, o pneu conceitual também aproveita a energia gerada durante a fotossíntese para alimentar o sistema eletrônico de sensores a bordo, uma unidade de processamento de inteligência artificial e uma faixa de luz personalizável na parede lateral do pneu que altera as cores, avisando tanto aos usuários da estrada quanto aos pedestres sobre as manobras, como mudanças de pista ou frenagem.  

yt thumbnail

 

Acompanhe tudo sobre:GoodyearMobilidadeProdutos verdesSalão de Genebra

Mais de Tecnologia

CEO do Spotify confirma que assinatura "deluxe" com áudio de alta fidelidade chegará em breve

CrowdStrike: o bug em mecanismo de segurança que causou o apagão cibernético

Apple TV+ faz em um mês audiência que a Netflix faz em um dia

Alphabet registra lucro líquido de US$ 23,6 bilhões no segundo trimestre de 2024

Mais na Exame