Acompanhe:

O Carnaval não apenas nos convida à folia, mas também para situações não tão seguras do ponto de vista de vida digital. O smartphone nesse período do ano se torna o centro das atenções dos criminosos, e a responsabilidade se volta ao usuário, que deve se precaver com o que pode.

No ano passado, somente em São Paulo, mais de 3 mil aparelhos foram alvo de furtos durante as festividades. Mais do que perder o aparelho, a posse do dispositivo pelos bandidos torna a vítima sujeita a roubos de contas bancárias ou fraudes como o roubo de identidade.

Um aplicativo que pode passar despercebido, mas carrega uma quantidade valiosa de informações sobre as nossas vidas, é a galeria de fotos do celular.

Para aqueles que planejam participar de festas ou blocos de rua, a EXAME LAB já ensinou como  proteger apps de banco no celular. Agora, veja como é fácil proteger os apps do celular durante o Carnaval:

Como proteger apps no celular?

Crie pastas seguras

🕐 Tempo médio: 5 minutos

Tanto o Android quanto o iOS contam com opções de Pasta Segura para proteger os aplicativos em uma pasta com senha. Veja o passo a passo de como ativá-la:

Pasta segura no Android

  1. Acesse "Configurações" no celular;
  2. Vá em "Segurança e privacidade";
  3. Busque por "Pasta segura" e clique em "Continuar";
  4. Selecione o tipo de senha;
  5. Clique em "Ativar";
  6. Defina a senha da Pasta Segura e pronto!
  7. Agora, procure pela Pasta Segura na tela inicial. Você pode clicar no botão de "+" ou arrastar os apps para definir quais ficarão protegidos na pasta.

Pasta segura no iOS

  1. Acesse "Ajustes", depois "Tempo de Uso" e então "Limite de Apps";
  2. Clique em "Adicionar limite";
  3. Selecione o app da galeria de fotos ou clique em "Tudo (apps e categorias)";
  4. Clique em "Seguinte" e defina o tempo de bloqueio;
  5. Agora, volte para a página "Tempo de Uso" e depois em "Usar código";
  6. Defina uma senha e pronto!

Coloque senhas nos apps

Por aplicativos terceiros, é possível adicionar uma tela de bloqueio no início de aplicativos selecionados. O uso de apps terceiros não é recomendado, mas existem opções para quem optar por não utilizar a Pasta Segura no iOS ou Android.

  • App Lock (iOS e Android)
  • Bloqueio: App Lock (Android)
  • AppLock Pro (Android)

Temporizador de aplicativos

🕐 Tempo médio: 3 minutos

No Android, é possível definir um limite de tempo para os aplicativos através das configurações. A dica é estabelecer poucos segundos em apps de banco e, então, impedir o acesso. Depois, quando estiver em um local mais seguro, basta desconfigurar o que foi feito para voltar ao normal. Veja o passo a passo:

  1. Acesse "Configurações" no celular;
  2. Vá em "Bem-estar digital e controles parentais";
  3. Clique em "Temporizadores de aplicativos" e depois selecione quais apps deseja limitar o tempo;
  4. Clique em "Definir temporizador" e selecione o tempo desejado;
  5. Aperte "Concluído" e pronto!

Ocultar aplicativos

Também pelo Android, é possível colocar aplicativos em modo oculto. Eles deixam de aparecer na tela inicial e também não podem ser encontrados pela pesquisa. Para voltar ao normal, basta desconfigurar o que foi feito. Veja o passo a passo:

  1. Acesse "Configurações" no celular;
  2. Vá em "Tela inicial";
  3. Clique em "Ocultar aplicativos na tela inicial e na tela de aplicativos" e depois selecione os apps que deseja ocultar;
  4. Clique em "Ok" e pronto!

🕐 Tempo médio: 3 minutos

Carnaval de rua: como proteger o celular?

Outras dicas para proteger o celular no Carnaval

  • Ativação de senhas e bloqueio automático
    Antes de sair de casa, é crucial ativar a senha de bloqueio do celular, seja por combinações numéricas, autenticação biométrica ou reconhecimento facial. Reduzir o tempo do bloqueio automático também aumenta a segurança, mantendo o dispositivo bloqueado na maior parte do tempo.
  • Registro do IMEI
    Anote o IMEI do seu aparelho e guarde em um local seguro. Em caso de furto, esse número permite solicitar o bloqueio do celular à operadora e registrar um boletim de ocorrência.
  • Backup de dados
    Realize backups regulares de arquivos e fotos, preferencialmente em nuvens ou aplicativos seguros. Isso minimiza a perda de dados importantes em caso de furto.
  • Utilização da geolocalização
    A ferramenta de geolocalização, disponível em serviços como 'Buscar iPhone' e 'Encontre meu Dispositivo', é uma aliada contra furtos, permitindo localizar e bloquear o celular remotamente.
  • Uso consciente em multidões
    Evitar manusear o celular em locais com grande concentração de pessoas reduz o risco de furtos. Em caso de necessidade, busque locais seguros como restaurantes ou postos policiais.
  • Armazenamento seguro do celular
    Evite guardar o celular no bolso de trás da roupa. Prefira pochetes ou doleiras, que oferecem maior segurança e proximidade com os seus pertences.
  • Pagamento por aproximação
    Durante eventos com grande aglomeração, considere limitar ou desabilitar a função de pagamento por aproximação do seu celular, prevenindo prejuízos financeiros.
  • Selfies com cautela
    Selfies são ótimas para registrar momentos, mas em multidões, prefira locais mais seguros para evitar exposições desnecessárias do seu aparelho.
  • Proteção contra quedas e líquidos
    Use capinhas antichoque e películas protetoras. Em caso de contato com líquidos, desligue o aparelho imediatamente e procure assistência técnica.
  • Procedimentos em caso de perda ou furto
    Se o celular for furtado, mantenha a calma e siga os procedimentos recomendados, como bloqueio do aparelho e registro de ocorrência.

Seguindo estas dicas, você aumenta a segurança do seu dispositivo móvel e protege suas informações pessoais, especialmente em períodos de festas e aglomerações.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Sistema de passaporte fica fora do ar e PF abre inquérito para investigar invasão de hacker
Brasil

Sistema de passaporte fica fora do ar e PF abre inquérito para investigar invasão de hacker

Há 18 horas

Whatsapp caiu nesta quarta? Usuários relatam instabilidades no app
Pop

Whatsapp caiu nesta quarta? Usuários relatam instabilidades no app

Há 18 horas

Caixa aprova transferência de loterias para a Caixa Loterias
seloMinhas Finanças

Caixa aprova transferência de loterias para a Caixa Loterias

Há 20 horas

Transações via Pix em 2023 sobem 58% ante 2022 para R$ 17,2 tri, diz relatório
seloMinhas Finanças

Transações via Pix em 2023 sobem 58% ante 2022 para R$ 17,2 tri, diz relatório

Há 20 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais