Tecnologia

Em meio à polêmica de privacidade no WhatsApp, rival do Google bate recorde

O DuckDuckGo tem crescido após o lançamento de aplicativos para Android, iPhone e Chrome

DuckDuckGo: buscador não coleta dados e tem funcionamento parecido com Google e Bing (DuckDuckGo/Reprodução)

DuckDuckGo: buscador não coleta dados e tem funcionamento parecido com Google e Bing (DuckDuckGo/Reprodução)

Lucas Agrela

Lucas Agrela

Publicado em 17 de janeiro de 2021 às 12h22.

Última atualização em 18 de janeiro de 2021 às 19h43.

Em meio a uma polêmica de compartilhamento de dados do WhatsApp com o Facebook que provocou fuga de usuários para aplicativos como Signal e Telegram, o rival do Google focado em privacidade chamado DuckDuckGo bateu um recorde na última semana. O buscador, que não coleta dados de usuários, atingiu 100 milhões pesquisas por dia pela primeira vez na última segunda-feira, após 12 anos de existência.

A popularidade do DuckDuckGo aumentou com a oferta de aplicativos do buscador para celulares com sistemas Android ou iPhones e também uma extensão para o navegador de internet Chrome, que pertence ao Google.

Em setembro, a companhia informou que mais de 4 milhões de pessoas utilizam a sua extensão de navegador.

O Google e outras empresas de tecnologia estão na mira de órgãos regulatórios de competitividade nos Estados Unidos por terem, supostamente, criado condições que impedem a ascensão de competidores relevantes em seus segmentos de mercado.

Em meio à crise de privacidade do WhatsApp com o Facebook, o cofundador do WhatsApp - hoje no Signal - afirmou que as pessoas não irão substituir o WhatsApp pelo Signal, mas usarão os dois aplicativos para se comunicar com amigos e familiares. O Signal reportou ter registrado " milhões de novos usuários" na última semana, enquanto o Telegram foi mais preciso ao afirmar que atingiu o marco de 500 milhões de usuários cadastrados.

 

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Acompanhe tudo sobre:BuscaGooglePrivacidade

Mais de Tecnologia

Como tirar foto da Lua com o celular

Serviços sofrem com assinante "nômade" de streaming

No balanço do Spotify, o ritmo é de crescimento de usuários e assinantes premium

Amazon encerra primeira operação drones de entregas, mas promete o serviço para novos locais nos EUA

Mais na Exame