Crackers pirateiam a Mac App Store

Empresa de segurança detectou falha que permite download ilegal de aplicativos pagos
Mac App Store foi inaugurada na quinta-feira (6) (Divulgação/Apple)
Mac App Store foi inaugurada na quinta-feira (6) (Divulgação/Apple)
M
Monica CampiPublicado em 07/01/2011 às 11:13.

São Paulo – Menos de 24 horas após o lançamento da Mac App Store, a loja de aplicativos para computadores da Apple teve a segurança de seus aplicativos crackeada e os programas pirateados.

A empresa de segurança Sophos identificou que alguns aplicativos pagos podem ser pirateados e utilizados gratuitamente pelos usuários.

Aparentemente os desenvolvedores de aplicações como o Angry Birds ignoraram os avisos da Apple para validarem seus recibos da App Store antes de liberarem o programa para download.

De acordo com a Sophos, quem quiser piratear um programa deve procurar pelo arquivo “.dmg” do aplicativo hospedado online.

Quando encontrar o aplicativo desejado, basta instalá-lo como se fosse uma aplicação trial e então copiar os arquivos (ou pastas) de qualquer outro download legítimo.

Este método consegue burlar a proteção do aplicativo, mecanismo conhecido como “Receipt Checking” e que deveria linkar os programas comprados a uma identificação específica da Apple.

Os pesquisadores da Sophos também alertam que devido a esse problema as aplicações podem facilmente ser modificadas e ter incluído um código executável malicioso, tornando a pirataria da Mac App Store uma possível porta de entrada para malware em sistemas Mac.

Confira a explicação da empresa de segurança (em inglês):