Hacker é detido por chantagear Nintendo

O 'ciberladrão' se apropriou de uma base de dados com informações pessoais de cerca de 4 mil usuários

Madri - Um hacker que chantageou a Nintendo, ameaçando publicar uma base de dados da empresa na Internet e que chegou a vazar dados pessoais de um cliente, foi detido em Málaga, anunciou hoje a polícia.

"O 'ciberladrão' se apropriou de uma base de dados com informações pessoais de cerca de 4 mil usuários (...) e também é acusado de crime por descobrir e revelar informações confidenciais", disse a polícia em um comunicado.

O detido, um jovem hábil em informática, pretendia chegar a um acordo com a Nintendo para não denunciar a empresa à Agência Espanhola de Proteção de Dados pelo que ele considerava uma negligência na custódia dos dados de seus clientes.

"Quando não recebeu resposta por parte da companhia afetada, o hacker vazou dados pessoais de um cliente em um fórum de tecnologia e videogames com grande quantidade de usuários em nível mundial (...) Além disso, tinha a intenção de divulgar na Internet a base de dados completa", afirmou a polícia.

O detido buscou, consultou e modificou informações de uma grande quantidade de clientes e fez o download de 55 agendas de eventos da multinacional, que se realizariam em sete cidades diferentes, no mês de fevereiro", acrescentou a polícia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.