Cisco investirá US$ 1 bilhão para desenvolver computação em nuvem

O grupo tem a intenção de criar, em associação com outras empresas, 'a maior 'internuvem' do mundo'

A empresa americana de equipamentos de telecomunicações Cisco anunciou nesta segunda-feira que investirá mais de 1 bilhão de dólares nos próximos dois anos para reforçar a presença na área da computação em nuvem ("cloud computing").

O grupo tem a intenção de criar, em associação com outras empresas, "a maior 'internuvem' do mundo", uma rede que reúna outras redes presentes na internet.

A Cisco deseja ter uma posição para obter lucro com o 'boom' dos objetos conectados à internet, que segundo a sua avaliação tem um potencial de 19 trilhões de dólares nos próximos 10 anos.

Entre os sócios mencionados pela Cisco estão o grupo australiano Telstra e a canadense Allstream, a empresa especializada em serviços na nuvem Canopy e a indiana Wipro.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.