A página inicial está de cara nova Experimentar close button

BMW se une a startup para criar rede de carregadores para carros elétricos

O aplicativo da brasileira Incharge mostrará os pontos de recarga para carros eletrificados e, no futuro, permitirá o agendamento de uso

São Paulo – A alemã BMW e a startup brasileira Incharge se unem em uma iniciativa para criar uma rede de carregadores para carros elétricos e híbridos. Na etapa inicial, 30 pontos de recarga estarão disponíveis na cidade de São Paulo.

Por meio do aplicativo chamado Incharge.App, que será lançado nas lojas de apps, os usuários de smartphones com sistema operacional Android e iPhones poderão visualizar a estação de recarga mais próxima e disponível.

Nos próximos meses, os donos de veículos BMW e Mini poderão reservar o uso com 30 minutos de antecedência. A proposta do projeto-piloto com a startup é oferecer comodidade e evitar atrasos a donos de veículos elétricos.

O aplicativo mostra ainda informações adicionais, como o nível da bateria e a energia (em kWh) transmitida ao veículo. Quando a recarga estiver completa, o usuário recebe uma notificação.

No total, a BMW possui hoje 180 pontos de recarga para veículos elétricos e híbridos no Brasil. O número inclui carregadores que ficam entre as cidades de Rio de Janeiro e São Paulo.

Tanto veículos 100% elétricos quanto os híbridos que contam com baterias recarregáveis poderão utilizar os postos de recarga.

Mapa de postos de recarga no app Incharge Mapa: imagem mostra postos de recarga no app Incharge

Mapa: imagem mostra postos de recarga no app Incharge (BMW/Incharge/Reprodução)

A BMW tem acelerado a venda de veículos eletrificados no Brasil. Entre os anos de 2014 e 2018, o número foi de cerca de 300 unidades. Mas em 2019, em apenas um ano, a marca atingiu o mesmo número de vendas. A montadora trabalha com a meta de ultrapassar a marca de mil unidades de carros elétricos e híbridos vendidos no mercado brasileiro em 2020.

A montadora vende veículos eletrificados como o I3, o i8, o x5 e o Série 7.

Além da BMW, vendem veículos elétricos e híbridos no Brasil as americanas Ford e GM, a chinesa JAC, a francesa Renault e a japonesa Toyota.

Apesar do aumento de oferta de veículos eletrificados no mercado brasileiro, um dos principais destaques do Salão do Automóvel de 2018, esses automóveis ainda são vendidos por mais de 100 mil reais e, por isso, chegam a uma parcela limitada de consumidores brasileiro.

De janeiro a outubro de 2019, foram comercializados 7,43 mil veículos elétricos ou híbridos, em comparação com 3,97 mil vendidos durante todo o ano de 2018, de acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Com mais pontos de recarga e aplicativos que mostram onde eles estão e facilitam a vida do motorista, o ecossistema necessário para uma maior adoção de veículos eletrificados dá mais um passo.
Foto: Vauxford / CC BY-SA / com redimensionamento e recorte de formato

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também