Animal Crossing: o jogo que garantiu vendas recordes para a Nintendo

Com nove meses no mercado, o game já acumula mais de 31,8 milhões de cópias vendidas

A desenvolvedora de jogos japonesa Nintendo teve um excelente ano em meio à pandemia do novo coronavírus. A empresa registrou lucro operacional de 2,2 bilhões de dólares no quarto trimestre de 2020 -- um crescimento de 98,4% em relação ao ano anterior e o melhor resultado trimestral da Nintendo desde 2008. Um dos motivos para o números positivos são as vendas aquecidas do Nintendo Switch, console que lembra os videogames mais antigos. Mas por trás desse crescimento também está o sucesso do jogo Animal Crossing: New Horizons, que atraiu milhões de jogadores durante o período de quarentena e distanciamento social. 

O game já soma mais de 31,8 milhões de cópias vendidas em apenas nove meses no mercado, ficando atrás apenas do Mario Kart 8 Deluxe, com 33,4 milhões de vendas. O jogo é o terceiro mais vendido de 2020 segundo a empresa americana de pesquisa de mercado NPD Group. No Reino Unido, ele lidera as paradas, acima de jogos como "Mario Kart 8: Deluxe", "Call of Duty: Black Ops Cold War" e "Grand Theft Auto 5".

Já o Nintendo Switch, chegou a 79,8 milhões de unidades vendidas. Isso quer dizer que pouco menos da metade dos usuários do Switch tem o Animal Crossing instalado.  

Se uma única pessoa comprasse todas as cópias vendidas, no fim, a fatura do cartão de crédito dela ficaria cerca de  1,8 bilhão de dólares mais cara. A quantidade de unidades vendidas do jogo seria suficiente para quase toda a população da Arábia Saudita, que tem 33,7 milhões de habitantes. 

Outro dado interessante é que o tempo médio de um usuário no Animal Crossing é de 60 horas. Isso quer dizer que, levando em consideração o número de cópias, o game já foi jogado por mais de 1,8 bilhão de horas.

O que é o Animal Crossing?

No game, o jogador constrói uma ilha. Pede empréstimos para comprar uma casa, depois mais um para aumentar a sua residência, e assim os empréstimos vão aumentando até estar devendo mais de 200 mil. Em seu tempo livre, o jogador pode até pescar, fazer projetos manuais ou comprar roupas.

Um dos personagens do jogo, exclusivo para o console Switch (rival do PlayStation 4 e Xbox One), é Tom Nook, um guaxinim que cuida de todas as questões financeiras e de engenharia civil da ilha. Se Nook fosse real, ele seria o líder nas listas de mais ricos, com uma fortuna estimada em 5,7 trilhões de dólares. Enquanto isso, Elon Musk, o homem mais rico do mundo, tem uma fortuna estimada em 190 bilhões de dólares, segundo a Bloomberg. Um cofre de dar inveja em qualquer um.  Tom Nook deve ficar cada vez mais rico, uma vez que, no jogo, é possível plantar até uma árvore de dinheiro. É difícil qualquer aplicação financeira competir com isso.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.