• AALR3 R$ 20,06 1.88
  • AAPL34 R$ 70,18 -4.39
  • ABCB4 R$ 16,60 -1.95
  • ABEV3 R$ 14,20 -3.60
  • AERI3 R$ 3,78 -2.83
  • AESB3 R$ 10,66 -1.39
  • AGRO3 R$ 30,75 -2.81
  • ALPA4 R$ 20,98 -2.37
  • ALSO3 R$ 19,47 -3.23
  • ALUP11 R$ 26,41 0.19
  • AMAR3 R$ 2,38 -2.46
  • AMBP3 R$ 30,90 1.95
  • AMER3 R$ 22,96 -0.26
  • AMZO34 R$ 67,68 -6.44
  • ANIM3 R$ 5,52 -3.33
  • ARZZ3 R$ 82,09 -0.82
  • ASAI3 R$ 15,48 -2.21
  • AZUL4 R$ 21,30 -4.01
  • B3SA3 R$ 11,54 -3.03
  • BBAS3 R$ 35,85 -1.59
  • AALR3 R$ 20,06 1.88
  • AAPL34 R$ 70,18 -4.39
  • ABCB4 R$ 16,60 -1.95
  • ABEV3 R$ 14,20 -3.60
  • AERI3 R$ 3,78 -2.83
  • AESB3 R$ 10,66 -1.39
  • AGRO3 R$ 30,75 -2.81
  • ALPA4 R$ 20,98 -2.37
  • ALSO3 R$ 19,47 -3.23
  • ALUP11 R$ 26,41 0.19
  • AMAR3 R$ 2,38 -2.46
  • AMBP3 R$ 30,90 1.95
  • AMER3 R$ 22,96 -0.26
  • AMZO34 R$ 67,68 -6.44
  • ANIM3 R$ 5,52 -3.33
  • ARZZ3 R$ 82,09 -0.82
  • ASAI3 R$ 15,48 -2.21
  • AZUL4 R$ 21,30 -4.01
  • B3SA3 R$ 11,54 -3.03
  • BBAS3 R$ 35,85 -1.59
Abra sua conta no BTG

Caixa vai financiar custos com cartório e ITBI no crédito para imóveis

Banco também vai oferecer o registro eletrônico de imóveis em parceria com mais de 1.500 cartórios
Custos cartorários e com ITBI são relevantes e podem chegar a 6% do valor do imóvel (Agência Brasil/Marcelo Camargo)
Custos cartorários e com ITBI são relevantes e podem chegar a 6% do valor do imóvel (Agência Brasil/Marcelo Camargo)
Por Marília AlmeidaPublicado em 02/07/2020 11:41 | Última atualização em 02/07/2020 12:28Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Caixa anunciou nesta quinta-feira (2) que passará a financiar custos cartorários e com ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis) para quem deseja contratar o crédito imobiliário no banco.

Os custos serão incluidos no próprio financiamento do imóvel, diluídos nas parcelas. Os valores são relevantes: podem variar entre 2% a 5% do valor do imóvel, conforme região.

A medida contempla tanto imóveis adquiridos com crédito pelo SBPE quanto oriundos do FGTS. O limite das custas financiáveis é de 5% sobre o valor financiado pelo cliente para operações contratadas com recursos SBPE e, com recursos do FGTS, o limite é de 4%.

O valor total do contrato do cliente (valor relativo à compra do imóvel + financiamento das custas cartorárias e ITBI) deve estar dentro dos limites aprovados, observando a capacidade de pagamento e o valor máximo permitido para o programa em que o mutuário se enquadra.

O objetivo, segundo Pedro Guimarães, presidente do banco, é dar uma folga ao orçamento dos mutuários. Com o fólego, as famílias poderão mobiliar a unidade, por exemplo. A expectativa é que a medida signifique uma liquidez de R$ 2,4 bilhões no orçamento das famílias no segundo semestre do ano.

Outra medida anunciada pelo banco é o registro eletrônico de imóveis, que deve reduzir o tempo para registro da unidade de 45 dias para cinco dias, auxiliando no fechamento do negócio. A plataforma do banco tem parceria com 1.356 cartórios. A medida, contudo, só é válida para contratos vinculados a empreendimentos financiados no banco.

A Caixa já havia anunciado a carência de pagamento de seis meses para a primeira parcela do financiamento do imóvel feito no banco. A medida continua em vigor.

Mesmo após a pandemia o banco aponta que aumentou em 20% a liberação de crédito para imóveis. Em janeiro de 2019 o banco tinha 24,8% do market share de contratação do crédito imobiliário. Esse número dobrou e subiu para 46,4% este ano.

Veja Também

Imposto de Renda: universidade tira dúvidas de forma gratuita
Minhas Finanças
Há 6 horas • 2 min de leitura

Imposto de Renda: universidade tira dúvidas de forma gratuita

Mega-Sena desta quarta sorteia prêmio de R$ 45 milhões; veja como apostar
Minhas Finanças
Há 15 horas • 3 min de leitura

Mega-Sena desta quarta sorteia prêmio de R$ 45 milhões; veja como apostar

Quase 4 milhões poderão sacar até R$ 1.000 do FGTS nesta quarta-feira
Minhas Finanças
Há 19 horas • 4 min de leitura

Quase 4 milhões poderão sacar até R$ 1.000 do FGTS nesta quarta-feira

Caixa libera saque do FGTS de até R$ 1.000 para novo grupo esta semana
Minhas Finanças
Há 2 dias • 4 min de leitura

Caixa libera saque do FGTS de até R$ 1.000 para novo grupo esta semana

Caixa libera saque de até R$1.000 para novo grupo neste sábado
Minhas Finanças
Há 4 dias • 4 min de leitura

Caixa libera saque de até R$1.000 para novo grupo neste sábado

Cerca de 4 milhões poderão sacar até R$ 1.000 do FGTS no sábado
Minhas Finanças
Há 5 dias • 4 min de leitura

Cerca de 4 milhões poderão sacar até R$ 1.000 do FGTS no sábado