Acompanhe:

Como solicitar o seguro prestamista?

Este artigo visa esclarecer algumas dúvidas sobre esse assunto

Modo escuro

Continua após a publicidade
Seguro oferece cobertura por morte, invalidez total ou parcial, perda dos rendimentos por desemprego ou alguma doença que incapacite o segurado (FreeImages/Fotos Públicas)

Seguro oferece cobertura por morte, invalidez total ou parcial, perda dos rendimentos por desemprego ou alguma doença que incapacite o segurado (FreeImages/Fotos Públicas)

D
Decode

Publicado em 22 de março de 2021 às, 16h37.

Última atualização em 19 de abril de 2021 às, 16h54.

Fazer um seguro prestamista é uma garantia para aqueles momentos imprevistos nos quais você fica impedido de pagar as parcelas de um financiamento, da compra de um bem ou mesmo de dívidas com cheque especial ou cartão de crédito.  

É uma opção que traz benefícios mútuos (para o credor e para o segurado), pois as parcelas ainda não pagas são quitadas pela seguradora. Sendo assim, a empresa que forneceu o crédito tem garantia de receber os valores financiados e o segurado tem a tranquilidade de não perder o bem que adquiriu ou que a dívida seja passada para seus familiares. 

seguro prestamista tem cobertura por morte, invalidez total ou parcial, perda dos rendimentos por desemprego ou alguma doença que incapacite o segurado de exercer suas funções profissionais. 

Como contratar 

A contratação é feita por meio das empresas parceiras das seguradoras e as cláusulas e valores contratados dependem de alguns fatores: 

  • Valor do crédito; 
  • Idade do segurado; 
  • Duração do contrato. 

    Dessa forma, não é possível ir a uma empresa de seguros e solicitar um seguro prestamista por conta própria. O seguro deve ser vinculado ao financiamento e a instituição precisa ter um acordo de parceria firmado com a seguradora. 

    Como acionar a cobertura do seguro prestamista 

    Caso você tenha necessidade de acionar seu seguro, o primeiro passo é informar à instituição ou loja em que fez sua compra ou financiamento, para que através dela possa fazer a solicitação. Para isto, você deve apresentar alguns documentos que comprovem o sinistro, ou seja, comprovantes de perda da renda, atestados médicos, data do falecimento ou de algum acidente sofrido que causou a incapacitação entre outros. 

    O prazo para o pagamento da indenização varia de acordo com a cobertura do plano contratado, mas costuma girar em torno de 30 dias após o envio da documentação comprobatória necessária. 

    É claro que ninguém deseja precisar acionar um seguro, mas é importante ter a segurança e a garantia de poder contar com ele diante dos imprevistos. 

    Quer saber tudo sobre crédito? Acesse já o nosso portal creditopara.vc e fique por dentro! 

    Últimas Notícias

    Ver mais
    CCJ do Senado aprova, em votação simbólica, texto-base de projeto de lei dos seguros
    Brasil

    CCJ do Senado aprova, em votação simbólica, texto-base de projeto de lei dos seguros

    Há 5 dias

    Volta do DPVAT: como vai funcionar o seguro obrigatório para veículos aprovado na Câmara
    Brasil

    Volta do DPVAT: como vai funcionar o seguro obrigatório para veículos aprovado na Câmara

    Há 5 dias

    Câmara aprova projeto que recria a cobrança do seguro obrigatório DPVAT
    Economia

    Câmara aprova projeto que recria a cobrança do seguro obrigatório DPVAT

    Há 5 dias

    Fávaro defende realocar recursos do Proagro para aumentar verba do seguro rural
    EXAME Agro

    Fávaro defende realocar recursos do Proagro para aumentar verba do seguro rural

    Há 3 semanas

    Continua após a publicidade
    icon

    Branded contents

    Ver mais

    Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

    Exame.com

    Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

    Leia mais