Revista Exame

Onde investir 2023: as lições de investimentos dos melhores gestores do Brasil

Especial da EXAME Invest premia os gestores dos melhores fundos do mercado e aponta os ativos mais promissores

 (Cyla Costa/Exame)

(Cyla Costa/Exame)

Lucas Amorim
Lucas Amorim

Diretor de redação da Exame

Publicado em 22 de março de 2023 às 06h00.

Última atualização em 22 de março de 2023 às 14h22.

No momento em que a equipe da EXAME ­finalizava este especial anual de investimentos, as ações do banco Credit Suisse, negociadas em Zurique, caíam por volta de 20%, puxando o índice bancário europeu para um recuo de mais de 6%. Em Paris e Frankfurt, bancos como o BNP Paribas e o Deutsche Bank caíam cerca de 10%. Do outro lado do Atlântico, investidores americanos seguiam sem ter visibilidade se a quebra do Silicon Valley Bank levaria a uma crise generalizada no mercado de crédito e de investimentos. A crise bancária certamente levaria a uma aceleração na queda dos juros nos Estados Unidos e também no Brasil nas próximas semanas. São leituras feitas no calor do momento e que comprovam a dificuldade de produzir uma edição especial focada em investimentos para os próximos meses.

Veja também:

Mas o aperto dos jornalistas da EXAME é pouco perto das dificuldades enfrentadas por gestores de investimentos nesses momentos de alta octanagem nos mercados globais. Some-se a esse rol de dificuldades o fato de o Brasil produzir sua própria leva de incertezas e indefinições, turbinada diariamente por um novo governo. Na falta de projetos concretos para o longo prazo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus assessores mais próximos esquentam o noticiá­rio com pautas que ampliam ainda mais a incerteza diária e as dúvidas sobre a política fiscal. Separar o som do ruído é uma tarefa inglória para os mais experientes gestores de investimento do Brasil. Para entregar retornos acima da concorrência, as melhores assets do país precisam escrutinar o cenário macro e transformar a leitura em ações micro para o curto, o médio e o longo prazo.

Ao longo das matérias dessa edição de março, apresentamos os eventos que devem marcar o mercado de investimentos nos próximos meses, e mostramos como gestoras vencedoras em 18 categorias recortam a realidade para montar portfólios campeões. Explicamos, por exemplo, por que fundos de investimento em cadeias agroindustriais estão a caminho de virar um mercado de 200 bilhões de reais. Contamos, também, por que especialistas de gestoras como a Ibiuna, a Asset do Ano do prêmio Melhores do Mercado, acreditam que o Brasil pode atingir taxas de juro mais baixas caso as políticas fiscal e monetária andem para a mesma direção. Nas páginas a seguir, um guia para navegar em meio ao nevoeiro.

Acompanhe tudo sobre:Revista EXAMEFundos de investimento

Mais de Revista Exame

Melhores do ESG: os destaques do ano em energia

ESG na essência

Melhores do ESG: os destaques do ano em telecomunicações, tecnologia e mídia

Conheça o castelo na França exclusivo para convidados da Moët & Chandon

Mais na Exame