Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Quem foi Nadir Figueiredo, o pai do copo americano

Na semana do aniversário de 74 anos do icônico objeto, saiba quem foi o fundador da marca, dona de outras empresas igualmente populares, como Marinex e Duralex

Da mesa de bar ao cafezinho, poucas companhias são tão versáteis quanto o copo americano. Criado em 1947 pela maior produtora de vidro do Brasil, a Nadir Figueiredo, já teve mais de 6 bilhões de unidades fabricadas desde então. Em 20 de outubro, este ícone da cultura brasileira deve completar 74 anos e, às vésperas do aniversário do objeto tão comum, fica a dúvida: afinal, quem foi Nadir Figueiredo? E de onde veio a ideia para criar o copo?

Começando pelo início, Nadir Dias de Figueiredo nasceu em Minas Gerais em 1891 e, em 1913 começou a investir na produção de artigos dedicados à iluminação e em aparelhos elétricos. Essa empreitada foi conduzida por ele e pelo irmão, Morvan Dias de Figueiredo.

Depois de algumas mudanças no objetivo central da empresa -- que passou até mesmo a produzir munições em 1932 -- em 1935 a Nadir Figueiredo passa a focar na produção de vidro, com a aquisição da primeira fábrica manual no bairro do Belém. E, é claro, em 1947 é criado o design do copo americano. 

Para além da fábrica em si, o fundador da marca foi também um dos idealizadores da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), junto a Roberto Simonsen. Além disso, foi um dos responsáveis por projetar a estrutura do complexo FIESP/CIESP/SESI/SENAI. Também foi, é claro, um dos principais líderes da indústria do Brasil até à sua morte. 

Por causa de sua atuação de destaque e pioneirismo no ramo, uma avenida do bairro Vila Maria, em São Paulo, recebeu o nome de Nadir Figueiredo em 2018. Além disso, a faculdade Senai São Paulo, campus de Osasco, também tem o nome do empresário.

E o copo americano?

Idealizado no Brasil, o copo americano curiosamente só se tornou de fato “americano”, ou melhor, norte-americano, em 2019. Há três anos, a H.I.G Capital, empresa de investimentos em ativos alternativos, adquiriu o controle da empresa Nadir Figueiredo -- encerrando um ciclo de 107 anos de existência da empresa puramente brasileira.

Mas, nem por isso o objeto ficou menos popular no Brasil: continua sendo a vidraria mais comum do país, com mais de 6 bilhões de unidades vendidas da criação do objeto até 2010. 

A origem do design do icônico objeto, segundo informações publicadas recentemente, estaria muito mais próxima da União Soviética do que dos Estados Unidos. Isso porque, o copo que foi lançado em 1947 no Brasil é extremamente semelhante a um objeto criado em 1943 por Vera Mukhina, escultora soviética. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também