Negócios

Volkswagen registrou prejuízo de 1,4 bilhão de euros no primeiro semestre

Com a pandemia de coronavírus, a montadora alemã teve uma queda de 23% do faturamento

Volkswagen: montadora mantém a previsão de resultado operacional positivo para 2020 (Fabian Bimmer/File Photo/Reuters)

Volkswagen: montadora mantém a previsão de resultado operacional positivo para 2020 (Fabian Bimmer/File Photo/Reuters)

A

AFP

Publicado em 30 de julho de 2020 às 07h00.

A montadora alemã Volkswagen registrou prejuízo de 1,4 bilhão de euros (1,645 bilhão de dólares) antes de impostos no primeiro semestre e uma queda de 23% do faturamento em consequência da pandemia de coronavírus, anunciou a empresa em um comunicado.

O grupo, no entanto, mantém a previsão de resultado operacional positivo para 2020.

A Volkswagen reduziu o dividendo de 2019 a 4,86 euros (5,7 dólares), contra 6,56 euros (7,7 dólares) anteriormente.

As perdas antes de impostos alcançaram dois bilhões de euros (2,35 bilhões de dólares) no segundo trimestre, após um lucro de 700 milhões de euros (US$ 820 milhões) entre janeiro e março.

"O primeiro semestre foi, devido à pandemia de COVID-19, um dos mais difíceis de nossa história", afirmou em um comunicado o diretor financeiro da empresa, Frank Witter, que citou uma "crise sem precedentes".

Como consequência das medidas contra a propagação do vírus, as vendas de automóveis desabaram a partir de março nos principais mercados europeus, como já havia acontecido na Ásia.

Acompanhe tudo sobre:BalançosVolkswagen

Mais de Negócios

Os engenheiros da saúde: como essa startup quer evitar perdas financeiras nos hospitais

IBM aposta em padrões abertos para incentivar o uso em escala da IA

Como a Renova Invest se mantém entre as melhores assessorias há 5 anos

Para além da Heineken na hora do aperto: o Rappi Turbo quer virar o seu próximo mercadinho de bairro

Mais na Exame