Acompanhe:
seloNegócios

A marca Volkswagen, pilar da montadora alemã de mesmo nome, anunciou nesta terça-feira (4) um investimento de 1 bilhão de euros (1,09 bilhão de dólares ou 5,21 bilhões de reais na cotação atual) para o seu crescimento na América Latina, especialmente no Brasil, onde a empresa deseja crescer 40% até 2027. 

O investimento, previsto até 2026, será especialmente destinado ao "desenvolvimento de motores de combustão a etanol" e ao lançamento de novos modelos, informou o grupo em comunicado.

O projeto promoverá a comercialização de 15 novos modelos de veículos elétricos e "flex-fuel" (que aceitam vários combustíveis) até 2025. Também incluirá carros híbridos. A marca quer lançar neste ano seus primeiros modelos totalmente elétricos no Brasil, o Volkswagen ID.4 e o ID.Buzz.

Embora a meta da fabricante alemã seja alcançar um crescimento anual de 11% no mercado automobilístico sul-americano até 2030, o progresso em direção aos modelos elétricos continua lento.

Até 2033, a participação no mercado total de veículos totalmente elétricos não passará de 4% no Brasil, segundo a Volkswagen, muito menos do que na Europa ou nos Estados Unidos.

Por isso, a empresa quer avançar nesse mercado, mas por meio de "propulsões alternativas", como os biocombustíveis.

"A América do Sul, como um mercado automobilístico de rápido crescimento, é de importância estratégica para a Volkswagen", disse Thomas Schäfer, diretor-geral da marca, citado no comunicado.

"A equipe local conseguiu redirecionar o rumo nos últimos anos e melhorar de forma duradoura a rentabilidade e a competitividade. Agora é uma questão de continuar trabalhando na posição de custos", acrescentou.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Como a Casa do Construtor fatura R$ 834 milhões alugando de furadeiras a betoneiras
seloNegócios

Como a Casa do Construtor fatura R$ 834 milhões alugando de furadeiras a betoneiras

Há 13 horas

Em negócio de R$ 20 milhões, empresa de SP compra startup para agilizar comércio no exterior
seloNegócios

Em negócio de R$ 20 milhões, empresa de SP compra startup para agilizar comércio no exterior

Há 20 horas

29% das empresas brasileiras fecham nos primeiros 5 anos; veja como a IA pode mudar essa realidade
seloNegócios

29% das empresas brasileiras fecham nos primeiros 5 anos; veja como a IA pode mudar essa realidade

Há 23 horas

Em expansão no Brasil, Globant é classificada como marca de TI com crescimento mais rápido do mundo
seloNegócios

Em expansão no Brasil, Globant é classificada como marca de TI com crescimento mais rápido do mundo

Há 23 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais