Negócios

Vice-presidente do Bradesco deixa o cargo

De acordo com fontes, a saída do executivo teria sido motivada por questões que envolvem a Sete Brasil

Bradesco: assessoria confirmou a saída, mas não esclareceu os motivos (Egberto Nogueira/ Imafotogaleria)

Bradesco: assessoria confirmou a saída, mas não esclareceu os motivos (Egberto Nogueira/ Imafotogaleria)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 8 de dezembro de 2016 às 13h59.

São Paulo - Sergio Clemente, vice-presidente do Bradesco responsável pelo comando do banco de investimentos deixou nesta quinta-feira, 8, a instituição. De acordo com fontes, a saída do executivo teria sido motivada por questões que envolvem a Sete Brasil.

O Bradesco era um dos sócios do investimento e também financiador e perdeu quase R$ 2 bilhões no negócio. A assessoria de imprensa confirmou a saída do executivo mas não esclareceu os motivos.

Egresso do BCN, que foi adquirido pelo Bradesco, Sergio Clemente chegou ao banco em 2000 e era um dos principais vice presidente. Atualmente também é vice presidente do Conselho de administração da Vale.

Acompanhe tudo sobre:BancosBradescoExecutivos

Mais de Negócios

O Brasil ainda não é um consenso para os investidores globais, afirma Bank of America

Em live relâmpago da WePink, Virgínia vende R$ 4,6 milhões em 20 minutos

Quer ser seu próprio chefe? Veja 5 dicas para começar a empreender com segurança

Tem dinheiro para receber na justiça? Esta startup levantou R$ 7,5 milhões para acelerar processos

Mais na Exame