• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Vendas na Black Friday batem recorde e movimentam R$ 4 bi na internet

Em ano de pandemia, as vendas pela internet durante a Black Friday foram 25% maiores do que em 2019
Centro de distribuição do MercadoLivre: os 4,6 milhões de pedidos pela internet e gastaram, média, 679 reais em cada compra (Getty Images/Jonne Roriz/Bloomberg)
Centro de distribuição do MercadoLivre: os 4,6 milhões de pedidos pela internet e gastaram, média, 679 reais em cada compra (Getty Images/Jonne Roriz/Bloomberg)
Por Filipe SerranoPublicado em 28/11/2020 15:28 | Última atualização em 28/11/2020 15:36Tempo de Leitura: 2 min de leitura

As vendas pela internet durante a Black Friday bateram recorde no Brasil em 2020. As compras online movimentaram ao todo 4 bilhões de reais nos dias 26 e 27 de novembro, um aumento de 25% em relação a 2019. Os dados são da consultoria Ebit/Nielsen e foram divulgados neste sábado (28).

De acordo com a consultoria, somente na sexta-feira da Black Friday foram movimentados 3,1 bilhões de reais em vendas pela internet, valor 24,8% maior que em 2019. Os consumidores brasileiros fizeram 4,6 milhões de pedidos pela internet e gastaram, média, 679 reais em cada compra.

Segundo a Ebit/Nielsen, o período que antecede a Black Friday também tem se tornado cada vez mais importante para as vendas no e-commerce no Brasil. Diversas empresas do varejo têm aproveitado o período para antecipar os descontos e atrair os consumidores, que já se acostumaram com a nova data de promoções.

Considerando o período entre 19 e 27 de novembro, o faturamento das lojas online foi de 6 bilhões de reais. O valor é 30% maior do que em 2019, considerando uma data equivalente. Mais de 10,6 milhões de pedidos foram feitos pelos consumidores em 2020 nesse período.

"A pandemia fez os consumidores terem um comportamento diferente. As compras ficaram diluídas e o comércio eletrônico soube aproveitar o momento e fisgá-los com descontos, oportunidades e atratividades", afirmou Julia Avila, líder da Ebit/Nielsen, em comunicado.