Negócios

Vale não planeja fechar unidade de níquel em Nova Caledônia

Segundo executivo, mineradora não tem planos de encerrar as suas operações em meio à agitação social causada por um vazamento de efluentes


	Usina de Nova Caledônia da Vale: diretor-executivo disse que estimava danos ao local de mineração de pelo menos US$ 20 milhões a US$ 30 milhões
 (Marc Le Chelard/AFP)

Usina de Nova Caledônia da Vale: diretor-executivo disse que estimava danos ao local de mineração de pelo menos US$ 20 milhões a US$ 30 milhões (Marc Le Chelard/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 26 de maio de 2014 às 21h30.

Sydney - A Vale não tem planos de encerrar as suas operações de níquel em Nova Caledônia em meio à agitação social causada por um vazamento de efluentes, a companhia disse a um jornal local.

Um diretor-executivo da Vale, Peter Poppinga, disse que estimava danos ao local de mineração de pelo menos 20 milhões a 30 milhões de dólares, incluindo a destruição de caminhões e equipamentos de mineração.

O governo da província do Sul da Nova Caledônia ordenou a suspensão imediata das operações no início de maio e ainda precisa comunicar sobre quando a Vale poderá retomar suas atividades.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasIndústriaMineraçãoMineradorasNíquelSiderúrgicasVale

Mais de Negócios

Startup brasileira quer usar hemogramas e IA para acelerar diagnóstico do câncer de mama

A rota da KLM para transformar viagens em conexões inesquecíveis

Lembra dela? TecToy volta a apostar no mercado game e lança computador, acessórios e até jogos

Giovanna Antonelli, Caio Castro, Deborah Secco e mais: conheça franquias com sócios famosos

Mais na Exame