Negócios

Twitter compra startup de assinaturas de olho em monetização

A Revue pode ajudar o Twitter a expandir os negócios para além da publicidade, que gera mais de 85% de sua receita anual

Twitter compra startup Revue  (Omar Marques/SOPA Images//Getty Images)

Twitter compra startup Revue (Omar Marques/SOPA Images//Getty Images)

Marina Filippe

Marina Filippe

Publicado em 26 de janeiro de 2021 às 16h52.

O Twitter adquiriu a editora de boletins informativos Revue por uma quantia não revelada, como parte da iniciativa de expansão e para oferecer mais recursos a autores que distribuem seu trabalho pela plataforma.

A Revue oferece gestão de publicações e assinaturas de boletins e continuará operando como “serviço autônomo” dentro do Twitter, segundo o comunicado que anunciou o acordo na terça-feira. O Twitter eliminará algumas taxas para incentivar mais pessoas a criar boletins informativos e cobrará comissão de 5% sobre a receita com assinaturas arrecadadas via Revue.

A Revue pode ajudar o Twitter a expandir os negócios para além da publicidade, que gera mais de 85% de sua receita anual, além de oferecer formas de usuários com muitos seguidores ganharem dinheiro.

“A monetização com base em público será uma área na qual continuaremos a desenvolver novas maneiras de oferecer suporte”, afirmaram executivos do Twitter no comunicado postado em um blog. O Twitter também confirmou que estuda opções relativas a um serviço próprio de assinatura.

O Twitter fez diversas aquisições nos últimos meses, com foco principalmente no quadro de pessoal de pequenas startups. Desde o início de dezembro, o Twitter comprou a rede social de vídeos Squad, a empresa de podcast Breaker e a agência de design Ueno, com um time de 50 pessoas.

A equipe de seis pessoas da Revue, sediada em Utrecht, na Holanda, vai se juntar ao Twitter e mais funcionários serão contratados para ampliar a unidade.

Acompanhe tudo sobre:Anúncios publicitáriosFusões e AquisiçõesTwitter

Mais de Negócios

Os engenheiros da saúde: como essa startup quer evitar perdas financeiras nos hospitais

IBM aposta em padrões abertos para incentivar o uso em escala da IA

Como a Renova Invest se mantém entre as melhores assessorias há 5 anos

Para além da Heineken na hora do aperto: o Rappi Turbo quer virar o seu próximo mercadinho de bairro

Mais na Exame