Negócios

Toshiba anuncia planos para se dividir em duas empresas

O grupo com sede em Tóquio informou que planeja separar o departamento de aparelhos, incluindo o negócio de semicondutores, para acelerar a tomada de decisões e reforçar sua cotação na Bolsa

Toshiba: A empresa considerou no ano passado a ideia de divisão em três partes, mas depois optou por duas (AFP/AFP)

Toshiba: A empresa considerou no ano passado a ideia de divisão em três partes, mas depois optou por duas (AFP/AFP)

A

AFP

Publicado em 7 de fevereiro de 2022 às 07h14.

O grupo japonês Toshiba, fabricante de aparelhos elétricos e eletrônicos, anunciou planos para sua divisão em duas empresas, após um período turbulento para o conglomerado industrial.

O grupo com sede em Tóquio informou que planeja separar o departamento de aparelhos, incluindo o negócio de semicondutores, para acelerar a tomada de decisões e reforçar sua cotação na Bolsa.

Os acionistas que entraram em conflito com a administração sobre a melhor forma de dirigir a empresa devem aprovar a proposta em uma votação marcada para março.

A Toshiba considerou no ano passado a ideia de divisão em três partes, mas depois optou por duas, ao destacar que "pode reduzir significativamente os custos da separação, assegurar a saúda financeira de cada empresa e reduzir a incerteza". O grupo espera completar a divisão no segundo semestre do ano fiscal de 2022-23.

Os acionistas da Toshiba votaram no ano passado para remover o presidente do conselho de administração, após uma série de escândalos e prejuízos.

Acompanhe tudo sobre:Empresas japonesasIndústria de eletrodomésticosToshiba

Mais de Negócios

Construtoras do RS se juntam para fazer uma casa a cada dois dias — todas para doar

Startup brasileira quer usar hemogramas e IA para acelerar diagnóstico do câncer de mama

A rota da KLM para transformar viagens em conexões inesquecíveis

Lembra dela? TecToy volta a apostar no mercado game e lança computador, acessórios e até jogos

Mais na Exame