Negócios

Tereos lança negócio para distribuição global de açúcar

A empresa pretende conquistar uma participação de mercado de 15% na distribuição de açúcar refinado em todo o mundo até 2020


	Usina de biocombustíveis da Tereos: a empresa está de olho na reforma do regime de mercado de açúcar na UE
 (Alain Julien/AFP)

Usina de biocombustíveis da Tereos: a empresa está de olho na reforma do regime de mercado de açúcar na UE (Alain Julien/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 7 de novembro de 2014 às 12h22.

São Paulo - A Tereos, quinto maior produtor mundial de açúcar, acaba de criar a Tereos Commodities, para investir na distribuição de açúcar branco.

Em comunicado, a empresa informa que pretende conquistar uma participação de mercado de 15% na distribuição de açúcar refinado em todo o mundo até 2020.

A empresa está de olho na reforma do regime de mercado de açúcar na União Europeia. A partir de 2017, o bloco estará livre para exportar para um mercado global em expansão, que cresce a uma taxa anual de 2% a 3%, impulsionada pelos países emergentes, principalmente na Ásia e na África.

Depois de ter liderado mundialmente a exportação de açúcar branco por muitos anos, a União Europeia viu suas exportações limitadas a 1,350 milhão de toneladas a partir de 2005. A Tereos anunciou recentemente que irá aumentar sua produção em 20% na Europa em 2017.

Segundo estimativas do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a produção mundial de açúcar em 2014/15 deverá totalizar cerca de 175,6 milhões de toneladas. A Tereos informa que Patrick Dean encabeçará o negócio de comercialização e distribuição de açúcar.

Na Europa, a Tereos opera 12 fábricas. No Brasil, país líder na exportação de açúcar no mundo, com cerca de 50% do mercado, a Tereos é o terceiro maior produtor, com sete fábricas em operação.

Acompanhe tudo sobre:acucarCommoditiesIndústrias de alimentosTereos

Mais de Negócios

Gestor consegue identificar comportamentos arriscados e evitar acidentes, diz VP da Geotab

O Brasil pode exportar peças para veículos? Essa é a aposta da Bosch após vender R$ 9,8 bilhões aqui

Startup do Amapá capta R$ 3 milhões e já tem R$ 30 milhões para emprestar na Amazônia

Você já ouviu falar na sigla DYOR? Veja por que ela é importante no universo das finanças

Mais na Exame