Société Mondiale apoia ordem de consulta sobre decisões da Oi

Em acórdão, a Anatel determina que a Oi se abstenha de assinar a proposta de apoio ao plano de recuperação judicial antes da apreciação pelo órgão

Brasília - O fundo Société Mondiale, um dos maiores acionistas da Oi, disse nesta segunda-feira que recebeu com satisfação decisão da Agência Nacional de Telecomunicaçõs (Anatel) de exigir ser consultada sobre decisões da operadora em recuperação judicial Oi.

Em acórdão datado desta segunda-feira e distribuído por fontes ligadas ao conselho da Oi, a Anatel determina que a Oi se abstenha de assinar a proposta de apoio ao plano de recuperação judicial (PSA - Plan Support Agreement) aprovado pelo conselho da companhia no dia 3, "antes da apreciação da minuta pelo conselho diretor da Anatel".

O acórdão também determina que a Oi informe a agência com antecedência sobre reuniões de seu conselho ou de diretoria, para que o órgão regulador possa enviar representante.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.