Acompanhe:
seloNegócios

Queiroz Galvão pede recuperação judicial de 2 subsidiárias hidrelétricas

Em março, credores rejeitaram pedido de renegociação da dívida fora dos tribunais para as duas unidades

Modo escuro

Continua após a publicidade
Hidrelétrica: Queiroz Galvão pediu recuperação judicial para subsidiárias (Cemig/Divulgação)

Hidrelétrica: Queiroz Galvão pediu recuperação judicial para subsidiárias (Cemig/Divulgação)

R
Reuters

Publicado em 8 de abril de 2019 às, 19h20.

São Paulo - A empreiteira Queiroz Galvão entrou no domingo (7) com um pedido de recuperação judicial para duas unidades de energia que administram hidrelétricas nos Estados de Minas Gerais e Mato Grosso, de acordo com documentos vistos pela Reuters.

Em março, credores rejeitaram um pedido de renegociação da dívida fora dos tribunais para as duas unidades, Jauru e Santa Clara.

A Queiroz Galvão continua solicitando aos credores que trabalhem fora das cortes no que diz respeito às dívidas de duas outras unidades, a Queiroz Galvão Energia e a Queiroz Galvão Energias Renováveis.