Queiroz Galvão pede recuperação judicial de 2 subsidiárias hidrelétricas

Em março, credores rejeitaram pedido de renegociação da dívida fora dos tribunais para as duas unidades

São Paulo – A empreiteira Queiroz Galvão entrou no domingo (7) com um pedido de recuperação judicial para duas unidades de energia que administram hidrelétricas nos Estados de Minas Gerais e Mato Grosso, de acordo com documentos vistos pela Reuters.

Em março, credores rejeitaram um pedido de renegociação da dívida fora dos tribunais para as duas unidades, Jauru e Santa Clara.

A Queiroz Galvão continua solicitando aos credores que trabalhem fora das cortes no que diz respeito às dívidas de duas outras unidades, a Queiroz Galvão Energia e a Queiroz Galvão Energias Renováveis.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.