Acompanhe:
seloNegócios

Positivo assina contrato com governo de Ruanda

O contrato prevê a produção e a venda de dispositivos educacionais sob a marca Positivo BGH no mercado local

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Positivo Informática: o acordo com o governo local prevê a contratação de um volume mínimo de 750 mil equipamentos
 (Marcelo Almeida)

Positivo Informática: o acordo com o governo local prevê a contratação de um volume mínimo de 750 mil equipamentos (Marcelo Almeida)

B
Beth Moreira

Publicado em 27 de novembro de 2014 às, 09h27.

São Paulo - A Positivo anunciou nesta quinta-feira, 27, a expansão das operações de sua joint venture com o grupo BGH, por meio da assinatura de um contrato com o governo de Ruanda para produção e venda de dispositivos educacionais sob a marca Positivo BGH no mercado local.

Em comunicado ao mercado a empresa informa que o projeto contempla a construção de uma fábrica com área total de 7.500 metros quadrados em Kigali, capital de Ruanda, com capacidade produtiva nominal mensal de 60 mil PCs e tablets.

A empresa não informou, no entanto, a previsão de valores para o investimento.

Segundo a empresa, o acordo com o governo local prevê a contratação de um volume mínimo de 750 mil equipamentos, com cronograma de entrega distribuído ao longo de cinco anos.

Para 2015, espera-se que as entregas tenham início no primeiro semestre e que pelo menos 50 mil laptops educacionais sejam faturados até dezembro.

Sala de aula

Conforme a Positivo, a proposta é levar à Ruanda o conceito do uso de tecnologia em sala de aula para alunos de Ensino Fundamental e Ensino Médio, em parceria com o Ministério da Educação. Os dispositivos que compõem o acordo virão com conteúdo educacional.

"Em adição ao Projeto, a operação buscará desenvolver novos clientes, projetos e mercados de atuação, acompanhando o amadurecimento do negócio", informa.

A empresa afirma que a estreia no continente africano está alinhada com o objetivo da Positivo Informática de ampliar a diversificação de seus negócios por meio de internacionalização e da introdução de novos produtos e canais de venda.

"A companhia está confiante na execução do Projeto, considerando o sólido histórico da joint venture com a BGH nos mercados uruguaio e argentino, em que a marca Positivo BGH tem mantido uma posição proeminente nos grandes projetos educacionais e no mercado de varejo", afirma a Positivo no comunicado.

Últimas Notícias

Ver mais
Sob nova direção, The Body Shop tem futuro incerto
Exame IN

Sob nova direção, The Body Shop tem futuro incerto

Há 3 horas

Novo sistema promete facilitar vida de MEIs com integração de operações de frente de caixa
Um conteúdo Bússola

Novo sistema promete facilitar vida de MEIs com integração de operações de frente de caixa

Há 5 horas

Marisa troca comando — de novo; ex-Riachuelo vai ser CEO
Exame IN

Marisa troca comando — de novo; ex-Riachuelo vai ser CEO

Há 9 horas

Depois do "back to basics", CVC mira 2 mil lojas
Exame IN

Depois do "back to basics", CVC mira 2 mil lojas

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais