Negócios

Cebola do bem: Outback vai reverter vendas da Bloomin' Onion em doações para o terceiro setor

Nesta quinta-feira, rede de restaurantes irá destinar todo o valor de vendas de sua famosa cebola para instituição de apoio a crianças e adolescentes com doenças graves

Bloomin’ Onion: vendas nesta quinta ajudam instituição Make-A-Wish (Outback/Divulgação)

Bloomin’ Onion: vendas nesta quinta ajudam instituição Make-A-Wish (Outback/Divulgação)

A rede de restaurantes Outback realiza nesta quinta-feira (26) a 16ª edição do Bloomin’ Day, ação beneficente que reverte todo o valor líquido arrecadado com a venda da cebola Bloomin’ Onion para uma instituição beneficente. Em 2022, mais uma vez, a parceria será com a ONG com a Make-A-Wish Brasil, que realiza sonhos de crianças e adolescentes com doenças graves.

Durante todo o dia, o valor líquido da venda da famosa cebola gigante do restaurante será doada para a Make-A-Wish. Para ajudar, basta comprar o produto em uma das unidades físicas do Outuback ou, ainda, pedir as pétalas de cebola (Bloom’ Petals) pelo delivery.

“Olhando para trás, vemos quantos sonhos já realizamos e quantos ainda queremos proporcionar. Nós somos uma empresa que está presente na vida dos consumidores em momentos de celebração e alegria e poder trazer isso também para crianças e adolescentes que estão passando por uma batalha pessoal é gratificante", afirma Pierre Berenstein, presidente da Bloomin' Brands, holding que detém as marcas Outback, Abbracio e Aussie Grill no Brasil.

Também é possível adiantar a doação ao comprar um vale-presente no valor de R$ 50 na página de compras de cartões-presente no site do Outback.

Os resultados do Bloomin' Day

Desde que firmou a parceria com a entidade, em 2017, o Outback já ajudou a realizar 152 sonhos por meio das doações. Para chegar ao resultado, nos últimos cinco anos:

  • 16.037 unidades de cebolas foram vendidas
  • A rede vendeu, em média, R$ 150 mil em cebolas a cada Bloomin' Day
  • 46.000 pessoas participaram das últimas edições – para este ano, a estimativa é de 60.000 pessoas

“Para nós, é uma honra contar com um parceiro tão alinhado aos nossos valores como o Outback Brasil. As pessoas que comprarem a Bloomin’ Onion ou a Bloom Petals apoiarão a realização de sonhos, iluminando a esperança e proporcionando às nossas crianças e adolescentes uma fonte de alegria para continuarem lutando por dias melhores”, diz Thais Bernardini, diretora-executiva da Make-A-Wish Brasil.

 

Acompanhe tudo sobre:Exame HojeFast foodOutback

Mais de Negócios

Dona da Fiat, Stellantis anuncia venda de veículos elétricos chineses no Brasil em 2024

Ele quer fazer R$ 2 milhões com máquina que imita o corpo humano para acabar com mosquitos da dengue

De olho na geração Z, fintech NG.Cash capta R$ 65 milhões em rodada liderada pela Monashees

Takeda chega a acordo de US$ 2,2 bilhões para desenvolver vacina contra Alzheimer

Mais na Exame