Negócios

Odebrecht Óleo e Gás lança pedido de recuperação extrajudicial

Pedido é parte do acordo fechado com um grupo de credores para reestruturação de sua dívida financeira

Odebrecht Óleo e Gás: acordo prevê a troca dos títulos com vencimento em 2021 e 2022 por novos papéis (Reprodução/Reprodução)

Odebrecht Óleo e Gás: acordo prevê a troca dos títulos com vencimento em 2021 e 2022 por novos papéis (Reprodução/Reprodução)

R

Reuters

Publicado em 23 de maio de 2017 às 09h09.

Última atualização em 3 de agosto de 2018 às 17h50.

São Paulo - A Odebrecht Óleo e Gás (OOG) protocolou no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro pedido de recuperação extrajudicial, como parte do acordo fechado com um grupo de credores para reestruturação de sua dívida financeira, informou a empresa em comunicado nesta terça-feira.

Conforme o documento, "os termos da reestruturação foram definidos de forma negociada e consensual com um grupo que representa mais de 60 por cento do valor total das dívidas".

O acordo prevê a troca dos títulos com vencimento em 2021 e 2022 por novos papéis, com amortizações em duas tranches.

Em 12 de maio, a Reuters noticiou que as negociações da Odebrecht Óleo e Gás com os credores estava em fase final e a empresa estaria perto de formalizar a recuperação extrajudicial.

Acompanhe tudo sobre:Dívidas empresariaisEmpresasNovonor (ex-Odebrecht)Recuperações extrajudiciais

Mais de Negócios

Inteligência Artificial no Brasil: inovação, potencial e aplicações reais das novas tecnologias

Mundo sem cookies: as big techs estão se adequando a uma publicidade online com mais privacidade

Ligadona em você: veja o que aconteceu com a Arapuã, tradicional loja dos anos 1990

A empresa inglesa que inventou a retroescavadeira vai investir R$ 500 milhões no Brasil — veja onde

Mais na Exame