Negócios

O plano da Renner para fisgar de vez os jovens brasileiros

Companhia planeja investir cerca de 450 milhões de reais na abertura de 400 lojas, até 2021, da marca Youcom, novo nome da BlueSteel


	Loja da Blue Steel em São Paulo: divulgação em blogs e redes sociais
 (Daniela Toviansky/EXAME.com)

Loja da Blue Steel em São Paulo: divulgação em blogs e redes sociais (Daniela Toviansky/EXAME.com)

Tatiana Vaz

Tatiana Vaz

Publicado em 27 de março de 2013 às 14h29.

São Paulo – Os jovens de classe média brasileiros entraram de vez nos planos de conquista da Renner, a rede de vestuário que conta com centenas de lojas pelo país. A companhia planeja investir cerca de 450 milhões de reais na abertura de até 30 lojas da marca BlueSteel em 2014 que, a partir de junho deste ano, passará a se chamar Youcom. Até 2021, 400 lojas da marca devem ser abertas em todo o país.

O novo conceito, baseado em lojas menores com produtos voltados para jovens de classe média, já vinha sendo testado pela companhia desde 2011. A marca Blue Steel já operava como piloto em quatro unidades abertas desde 2011 nas capitais de São Paulo, Minas Gerais e Porto Alegre, e vinha dando bons resultados. 

Mesmo com pouca divulgação, feita apenas em blogs e redes sociais, o negócio Blue Steel gerou uma receita líquida de 6,6 milhões de reais em 2012, um crescimento de 154,2% sobre os resultados do ano anterior. As lojas também apresentaram uma margem bruta alta em relação aos demais negócios da companhia, com as marcas Renner e Camicado: 58,3%. 

Time separado

“Sabemos que as cadeias de varejo de roupas não chamam tanta atenção de jovens e é esse público que queremos conquistar com a nova marca”, disse José Galló, presidente da companhia na teleconferência com analistas hoje. Com a nova marca, a varejista pode ainda conquistar uma margem maior com a venda de produtos e aumentar o tíquete médio em comparação ao da Renner, hoje 158 reais.

A ideia agora é expandir o número de lojas para 10, abertas apenas em shoppings da capital paulista. Em junho, a marca Blue Steel será transformada em uma nova marca, a Youcom, que contará com um trabalho de lançamento melhor desenhado. 

As novas lojas terão metragem média entre 120 a 150 metros quadrados e por isso um custo bem menor de manutenção e investimento inicial comparado ao das grandes lojas da cadeia de roupas. Por enquanto, as lojas serão próprias, mas a idéia é analisar a possibilidade de abertura de franquias nos próximos anos. 

“Hoje, temos hoje um time de estilo e compra totalmente separado da Renner voltado para trabalhar apenas para esse novo ramo de negócio e a ideia é fazer que ele, com o tempo, ganhe maior representatividade no grupo”, disse Galló. 

 

Acompanhe tudo sobre:ComércioEmpresasEmpresas abertasInvestimentos de empresasRennerVarejo

Mais de Negócios

Empreendedor produz 2,5 mil garrafas de vinho por ano na cidade

Após crise de R$ 5,7 bi, incorporadora PDG trabalha para restaurar confiança do cliente e do mercado

Após anúncio de parceria com Aliexpress, Magalu quer trazer mais produtos dos Estados Unidos

De entregadores a donos de fábrica: irmãos faturam R$ 3 milhões com pão de queijo mineiro

Mais na Exame