Negócios

O negócio que ele abriu no início da pandemia com R$ 500 deve faturar R$ 20 milhões em 2024

O pernambucano Juliano Dias fundou a Meetz, uma plataforma para reuniões entre vendedores e potenciais clientes, nos primeiros dias da pandemia, um período em que ele e a família tentavam recomeçar a vida em Portugal

Juliano Dias, da Meetz: "Pensei comigo: se eu estou trancado em casa e com dificuldades de fazer negócios, outras pessoas também devem estar na mesma situação" (Divulgação/Divulgação)

Juliano Dias, da Meetz: "Pensei comigo: se eu estou trancado em casa e com dificuldades de fazer negócios, outras pessoas também devem estar na mesma situação" (Divulgação/Divulgação)

Leo Branco
Leo Branco

Editor de Negócios e Carreira

Publicado em 14 de abril de 2024 às 14h59.

Última atualização em 15 de abril de 2024 às 13h38.

O empreendedor pernambucano Juliano Dias começou um negócio com investimento de 500 reais poucas semanas após o início da pandemia.

Os recursos escassos e a incerteza daquele período indicavam um futuro difícil ao empreendimento, para dizer o mínimo.

Após quatro anos, Dias lidera um negócio com receitas de 10 milhões de reais em 2023 e uma alta anual de 43%. Neste ano, a meta é chegar aos 20 milhões de reais.

"A dureza dos primeiros dias de negócio me fortaleceu para o que viria depois", diz ele.

Dias é fundador da Meetz, uma startup dona de uma tecnologia para aproximar vendedores e potenciais clientes.

O software na nuvem que ele criou serve como um complemento ao CRM, nome dado às ferramentas de gestão de vendas comuns no mercado.

Quer dicas para decolar o seu negócio? Receba informações exclusivas de empreendedorismo diretamente no seu WhatsApp. Participe já do canal EXAME Empreenda

O que faz a Meetz

A particularidade da Meetz é permitir a vendedores e clientes verem, pela ferramenta, as agendas uns dos outros. Com isso, pela própria plataforma é possível marcar uma reunião virtual. Ou, então, resolver a logística para um encontro presencial.

A ideia para a Meetz veio da mais pura necessidade. No início de 2020, Dias havia resolvido largar uma bem-sucedida carreira como gestor comercial focado em grifes do setor automobilístico como Jaguar, Mercedes e BMW para mudar com a família do Brasil para Portugal.

O timing não poderia ter sido pior. A ideia de Dias era a de estabelecer uma rede de contatos em solo português para, quem sabe, continuar a carreira de executivo de vendas em grandes empresas.

A quarentena colocou tudo por água abaixo. Com a esposa e uma família para sustentar num condomínio nos arredores de Lisboa, Dias tinha urgência de um plano B. 

"Pensei comigo: se eu estou trancado em casa e com dificuldades de fazer negócios, outras pessoas também devem estar na mesma situação", diz ele. "Foi aí que a ideia de criar uma tecnologia para resolver essa questão passou pela minha cabeça."

Na ocasião, Dias já flertava com o universo empreendedor: ele já era sócio de empresas do ramo gráfico no Brasil e em Portugal, além de fazer parte de grupos de lideranças empreendedoras lá e cá.

A rede de contatos construída nos dois lados do Atlântico permitiu a ele arregimentar um time em poucos dias para desenvolver a solução que viria a ser a Meetz. O negócio foi ao ar após o aporte de 500 reais na criação de uma primeira versão do site da empresa e nos primeiros anúncios online da solução.

Um diferencial da Meetz é o uso de elementos da inteligência artificial. A ferramenta tem algoritmos dedicados a mapear comportamentos sobre os encontros realizados por ali para, de alguma maneira, sugerir nomes de clientes com probabilidade alta de fechar negócio.

Nos dois últimos anos, a tecnologia colaborou para a Meetz agendar mais de 16 mil reuniões entre o time de vendas e os decisores das empresas-alvo para seus clientes.

Os resultados conquistados até aqui permitiram à Meetz fazer a primeira aquisição, em janeiro deste ano. A escolhida foi a plataforma de prospecção AZ Leads, fundada em Campo Bom, no Rio Grande do Sul.

"A aquisição do SaaS nos permite atender a um número consideravelmente maior de empresas, o que, consequentemente, irá nos auxiliar no aumento do nosso serviço de prospecção gerenciada", diz Dias. 

A Meetz é um Negócio em Expansão

A Meetz foi uma das empresas selecionadas para o EXAME Negócios em Expansão 2023, levantamento da EXAME e do BTG Pactual (do mesmo grupo de controle da EXAME), com suporte técnico da PwC Brasil.

A empresa ficou na 40ª colocação na categoria de 5 milhões a 30 milhões de reais, com um crescimento de receita líquida de 130% ao longo de 2022. Naquele ano, a empresa teve receita operacional líquida de 6,5 milhões de reais. 

Os resultados vieram a público num evento para mais de 400 convidados em São Paulo, em julho do ano passado.

As inscrições para a edição 2024 estão abertas. O ranking é uma forma de reconhecer os negócios e celebrar o empreendedorismo no país. 

Com gestões eficientes, análise de oportunidade, novas estratégias e um bom jogo de cintura, os executivos no comando desses negócios conseguiram avançar no mercado.

Acompanhe tudo sobre:Negócios em Expansão 2024negocios-em-expansao-2023Cabeça de empreendedorPandemia

Mais de Negócios

“É fundamental que as empresas continuem operando no RS”, diz presidente da Tramontina

Greener une forças com Pachamama Investimentos e Sustainable Cities Global em defesa da Amazônia

Após captar R$ 5,9 mi, startup que ajuda motorista a saber quando vale a pena ser Uber ganha o mundo

Família Ling cria programa de R$ 50 milhões para reconstruir RS com sociedade civil

Mais na Exame