Acompanhe:
seloNegócios

"Nunca desmereci o valor de uma vida", diz dono dos restaurantes Madero

Com novo coronavírus queda nas vendas é de 25% em lojas reabertas. Nos deliveries as vendas correspondem a 35% das "normais" antes da pandemia

Modo escuro

Continua após a publicidade
Junior Durski, dono da rede de hamburguerias Madero (Guilherme Pupo/Madero/Divulgação)

Junior Durski, dono da rede de hamburguerias Madero (Guilherme Pupo/Madero/Divulgação)

M
Marina Filippe

Publicado em 17 de maio de 2020 às, 12h28.

Última atualização em 17 de maio de 2020 às, 14h43.

A rede de restaurantes Madero tem registrado queda de 25% nas vendas em lojas reabertas durante a pandemia do novo coronavírus, afirmou o presidente Junior Durski em entrevista à Exame.

Segundo ele, a informação veiculada neste sábado sobre o movimento de apenas 30 pessoas ao invés de 400 como antes da pandemia era de três semanas atrás. “Estamos retomando o movimento aos poucos, apesar de entender que as pessoas estão sofrendo com a crise econômica”, diz.

Atualmente são 33 unidades abertas em shoppings de Santa Catarina, ruas do Paraná e uma unidade no Mato Grosso do Sul. “As pessoas estão em pânico e sumindo de todos os comércios, não apenas do Madero”.

Nos deliveries as vendas corresponde a 35% das consideradas normais antes da pandemia.

O empresário afirma ainda ter demitido 600 pessoas, entre elas trainees, arquitetos e engenheiros ligados ao projeto de expansão da marca, que previa a abertura de 45 novos restaurantes este ano. E, somente com a retomada economia as pessoas podem, possivelmente, ser recontratadas.

“Nunca desmereci o valor de uma vida e não é o que eu acredito. O que eu quis dizer é minha preocupação como empresário é também com a economia e com os milhões de desempregos”, disse sobre a polêmica em que se envolveu quando afirmou em vídeo que “não podemos parar por conta de 5 ou 7 mil que vão morrer”.

O empresário afirmou ainda que tem perguntado aos comerciantes dos locais que frequenta como eles têm encarado a pandemia. "Vou a feira três vezes por semana. Hoje mesmo fui e perguntei para uma feirante como estão os negócios. Ela está vendendo 50% menos", diz. "Se quem trabalha com alimentação está registrando queda imagine como está nos demais setores".

Últimas Notícias

Ver mais
Nhoque da Fortuna: Restaurante dará brindes para celebrar a data nesta quinta, 29
seloMarketing

Nhoque da Fortuna: Restaurante dará brindes para celebrar a data nesta quinta, 29

Há um dia

Chef Salvatore Loi traz autenticidade italiana ao novo Vezzoso Cucina, pertinho de São Paulo
Casual

Chef Salvatore Loi traz autenticidade italiana ao novo Vezzoso Cucina, pertinho de São Paulo

Há 3 dias

Parmegiana, polpetone e pizza: chefs comentam a fusão gastronômica do Brasil com a Itália
Casual

Parmegiana, polpetone e pizza: chefs comentam a fusão gastronômica do Brasil com a Itália

Há uma semana

Zema reitera no STF que não vai exigir vacinação completa de estudantes na rede estadual
Brasil

Zema reitera no STF que não vai exigir vacinação completa de estudantes na rede estadual

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais