Negócios

Norte Energia assina contrato para geração de energia elétrica em Belo Monte

No último dia 26, o presidente Lula assinou o contrato de concessão da hidrelétrica de Belo Monte

Usina hidrelétrica do Tucurí: a Eletrobrás possui 15% de participação na Norte Energia e a Eletronorte possui 19,98%  (foto/Divulgação)

Usina hidrelétrica do Tucurí: a Eletrobrás possui 15% de participação na Norte Energia e a Eletronorte possui 19,98% (foto/Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h40.

São Paulo - A Eletrobras comunicou hoje (30/8) ao mercado que a Norte Energia - de cuja sociedade a Eletrobras é acionista - assinou o contrato de concessão de uso de bem público para geração de energia elétrica.

O objetivo desse contrato é regular a exploração do potencial de energia hidráulica da Usina de Belo Monte, no rio Xingu, bem como das respectivas instalações de transmissão de interesse restrito à Usina Hidrelétrica, pelo prazo de 35 anos. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou, no último dia 26, o contrato de concessão da hidrelétrica de Belo Monte.

As participações acionárias na Norte Energia são: Eletronorte com 19,98%; Eletrobrás e Chesf com 15% cada; Fundação Petrobras de Seguridade Social e Participações Bolzano (controlada da Neoenergia) com 10% cada; Gaia Energia e Participações com 9%; Caixa Fundo de Investimento em Participações Cevix com 5%; Construtora Queiroz Galvão e OAS, com 2,51% cada; Fundação dos Economiários Federais com 2,5%; Contern, Cetenco Engenharia, Galvão Engenharia, Mendes Júnior Trading e Engenharia e Serveng-Civilsan S.A. Empresas Associadas de Engenharia com 1,25% cada; Siderúrgica Norte Brasil e J. Malucelli Construtora de Obras com 1% cada, e J. Malucelli Energia com 0,25%.

Leia outras notícias sobre Belo Monte

 

Siga as notícias de Negócios do site Exame no Twitter

 

Acompanhe tudo sobre:América LatinaBelo MonteDados de BrasilEletrobrasEmpresasEmpresas estataisEnergia elétricaEstatais brasileirasHoldingsServiçosUsinas

Mais de Negócios

Volume de negociação com bitcoin atinge maior patamar em dois anos. Veja quem lidera

Esse carioca criou um banco no WhatsApp — que acabou de nascer, mas já movimentou R$ 13 milhões

Mercado de bubble tea dá origem a bilionários na China

Cartão de crédito consignado: o que é, como funciona e quem pode contratar

Mais na Exame