Negócios

NBCUniversal comprou US$ 500 milhões em ações da Snap

A operação acontece um dia depois de a Snap se lançar na bolsa em Nova York e fechar seu primeiro pregão com alta de 44%

Snap: as fontes consultadas asseguraram que a "NBCUniversal" se comprometeu em manter as ações da Snap que comprou por pelo menos um ano (Carl Court/Getty Images)

Snap: as fontes consultadas asseguraram que a "NBCUniversal" se comprometeu em manter as ações da Snap que comprou por pelo menos um ano (Carl Court/Getty Images)

E

EFE

Publicado em 3 de março de 2017 às 21h04.

Última atualização em 3 de março de 2017 às 21h17.

Nova York - A rede de televisão "NBCUniversal" comprou US$ 500 milhões em ações da Snap, dona do aplicativo Snapchat, antes de sua estreia nesta quinta-feira em Wall Street, convencida de que se trata de uma empresa "extremamente inovadora".

A operação, divulgada pela emissora "CNBC" e pelo portal de notícias tecnológicas "Recode", acontece um dia depois de a Snap se lançar na bolsa em Nova York e fechar seu primeiro pregão com alta de 44%.

Segundo a "CNBC", que assim como a "NBCUNiversal" faz parte do consórcio Comcast, os diretores da companhia de televisão mantiveram contato durante meses com Evan Spiegel, fundador da Snap, a fim de aprofundar sua relação.

As fontes consultadas asseguraram que a "NBCUniversal" se comprometeu em manter as ações da Snap que comprou por pelo menos um ano, o que pode representar um bom sinal para a companhia que se lançou na quinta-feira à bolsa de valores.

Um dos problemas que as empresas tecnológicas que se lançam em Wall Street enfrentam é que o preço de suas ações costuma cair meses após sua estreia, por isso o compromisso assumido pela "NBCUniversal" reforça sua solidez a longo prazo.

O portal "Recode" inclui uma carta enviada pelo principal executivo da "NBCUniversal", Steve Burke, na qual justifica a decisão de investir US$ 500 milhões na Snap.

Segundo Burke, esse "investimento estratégico" representa "um significativo marco na crescente associação com a Snap".

"Evan Spiegel e sua talentosa equipe fizeram um excelente trabalho transformando a Snap em uma empresa extremamente inovadora e relevante, atraindo uma audiência massiva, dedicada e jovem", acrescenta a carta.

A Snap, dona do aplicativo de mensagens instantâneas de fotos e vídeos Snapchat, estreou na bolsa com 200 milhões de ações e um preço inicial de US$ 17 o título, fixado na véspera do início de suas operações em Wall Street.

A companhia terminou seu primeiro pregão com um avanço de 44%, e hoje fechou em alta de 10,66%.

Acompanhe tudo sobre:ComcastIPOsSnapchatTelevisão

Mais de Negócios

Startup brasileira quer usar hemogramas e IA para acelerar diagnóstico do câncer de mama

A rota da KLM para transformar viagens em conexões inesquecíveis

Lembra dela? TecToy volta a apostar no mercado game e lança computador, acessórios e até jogos

Giovanna Antonelli, Caio Castro, Deborah Secco e mais: conheça franquias com sócios famosos

Mais na Exame