Negócios
Acompanhe:

Mercedes-Benz venderá ativos na Rússia para empresa local

"A Mercedes-Benz venderá as ações em suas filiais russas a um investidor local, a russa AVTODOM", afirmou o ministério em um comunicado.

Mercedes-Benz: marca venderá ativos na Rússia para investidor local (Mercedes-Benz/Divulgação)

Mercedes-Benz: marca venderá ativos na Rússia para investidor local (Mercedes-Benz/Divulgação)

A
AFP

Publicado em 26 de outubro de 2022, 07h08.

Última atualização em 26 de outubro de 2022, 08h36.

O grupo alemão Mercedes-Benz venderá seus ativos na Rússia para um investidor local, anunciou nesta quarta-feira, 6, o ministério da Indústria e Comércio, em um contexto de ofensiva na Ucrânia e de sanções ocidentais.

"A Mercedes-Benz venderá as ações em suas filiais russas a um investidor local, a empresa russa AVTODOM", afirmou o ministério em um comunicado.

"O novo proprietário das filiais russas da Mercedes-Benz, o grupo AVTODOM, poderá atrair outras empresas como parceiras para organizar uma produção conjunta dos veículos na fábrica Mercedes em Yesipovo, inaugurada em 2019 e que fica a 50 km de Moscou", completou o ministério.

"A Mercedes-Benz deixará o mercado russo", confirmou o grupo alemão em um comunicado.

Entre as "prioridades" da Mercedes-Benz no momento de assinar o acordo com a AVTODOM estava a manutenção dos postos de trabalho nas filiais russas, afirmou a diretora-geral da Mercedes-Benz-RUS, Natalia Koroliova.

Após o início da ofensiva russa na Ucrânia em 24 de fevereiro e da adoção de sanções econômicas, muitas grandes empresas e marcas ocidentais abandonaram a Rússia por razões éticas ou por dificuldades para concretizar suas atividades.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.