• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

Melhores e Maiores: conheça os vencedores da 48ª edição

Pela primeira vez em parceria com o Ibmec, principal premiação do capitalismo brasileiro inova em categorias e método de avaliação
André Esteves na abertura do M&M 2021 (Exame/Leandro Fonseca)
André Esteves na abertura do M&M 2021 (Exame/Leandro Fonseca)
Por Guilherme GuilhermePublicado em 20/10/2021 21:49 | Última atualização em 21/10/2021 10:32Tempo de Leitura: 5 min de leitura

Melhores e Maiores chegou à sua 48ª edição de forma repaginada. Pela primeira vez em parceria com o Ibmec, a principal premiação empresarial do país recebeu uma nova metodologia para avaliar mais de 600 companhias listadas na bolsa ou com informações públicas. Para este ano, além do crescimento e resultado financeiro das empresas, foram analisadas práticas ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança). 

O evento também ganhou duas novas categorias, de Startup do Ano e Empreendedor Social do Ano, vencidas por Petlove e Alcione Albanesi, da ONG Amigos do Bem, respectivamente. Já o principal prêmio da noite, de Empresa do Ano, ficou com a Gerdau. Entre os fatores que a levaram a tal reconhecimento estiveram o resultado do segundo trimestre, o melhor em seus 120 anos de história, e os investimentos feitos pela Gerdau Next, braço de novos negócios da empresa. 

Realizado nesta quarta-feira, 20, o 48º Melhores e Maiores ocorreu de forma híbrida, com premiação presencial e transmissão 100% online. Além dos executivos das empresas vencedoras, participaram do evento o ministro da Economia e ex-colunista da Exame, Paulo Guedes, e André Esteves, sócio sênior do BTG Pactual (do mesmo grupo controlador da Exame). 

Em discurso de abertura do evento, Esteves reforçou a importância das empresas premiadas na transformação do país. “Vocês criam riqueza a partir do trabalho e criam aquilo que mais dignifica a sociedade, que é o emprego.” Ainda houve elogios à atuação do ministro Guedes, antigo colega dos tempos de Pactual. Entre os pontos levantados, estiveram a reforma previdenciária, privatizações e a independência do Banco Central, “um sonho de muitos anos, que cria mais um tijolo na institucionalidade brasileira”. 

Ministro Paulo Guedes, no Melhores e Maiores. (Leandro Fonseca/Exame)

O BC também fez parte do discurso de Guedes, que ressaltou sua importância para o controle da inflação. “Com as regras fiscais de um lado e o Banco Central independente de outro, sabemos que a inflação será controlada. Esperamos que no ano que vem ela retorne para 4% ou 5%, talvez um pouco acima da meta, mas já bem próxima da banda superior da meta”, disse o ministro.

Guedes ainda falou sobre os planos do governo para o programa Auxílio Brasil, que deve substituir o atual Bolsa Família. Segundo o ministro, o aumento dos gastos do programa social deve ter data de encerramento, já que não há receita permanente para bancar os novos gastos

 “Tem que ser transitório. A posição da Economia já foi dada. Com a PEC dos Precatórios e a reforma do Imposto de Renda, daria para um Bolsa Família permanente de um certo nível”, afirmou. “O presidente [Jair Bolsonaro], preocupado com fatores transitórios [da inflação], resolveu lançar uma camada de proteção de 400 reais para as famílias mais vulneráveis. A forma de fazer isso é política. A Economia já deu sua posição.”

Melhores e Maiores 2021: as vencedoras em cada setor

Agronegócio: 3tentos

Luiz Dumoncel: CEO da 3tentos (Ricardo Jaeger/Exame)

Alimentos e Bebidas: Marfrig

Miguel Gularte: CEO da Marfrig na América do Sul (Leandro Fonseca/Exame)

Atacado e Varejo: Grupo Mateus 

Ilson Mateus: fundador do Grupo Mateus (Leandro Fonseca/Exame)

Saneamento e Meio Ambiente: Ambipar

Cristina Andriotti: CEO da Environmental ESG, da Ambipar (Leandro Fonseca/Exame)

Energia: Engie Brasil

Eduardo Sattamini, CEO da Engie Brasil (Leandro Fonseca/Exame)

Farmacêutico e Beleza: Eurofarma

Maurizio Billi: CEO da Eurofarma (Germano Lüders/Exame)

Transporte, Logística e Serviços Logísticos: Vamos

Gustavo Couto: CEO da Vamos (Leandro Fonseca/Exame)

Papel e Celulose: Suzano

Walter Schalka: CEO da Suzano (Leandro Fonseca/Exame)

Petróleo e Químico: Unipar

Mauricio Russomanno: CEO da Unipar (Leandro Fonseca/Exame)

Tecnologia e Mídia: Méliuz 

Israel Salmen: fundador e presidente da Méliuz (Leandro Fonseca/Exame)

Moda e Vestuário: Track & Field

Fred Wagner: CEO da Track & Field (Leandro Fonseca/Exame)

Imobiliário: JHSF

Thiago Alonso: CEO da JHSF (Leandro Fonseca/Exame)

Saúde: Odontoprev

Rodrigo Bacellar: CEO da Odontoprev (Divulgação/Divulgação)

Serviços Financeiro: B3

Gilson Finkelsztain: CEO da B3 (Leandro Fonseca/Exame)

Siderurgia e Metalurgia: Gerdau 

Gustavo Werneck: CEO da Gerdau (Leandro Fonseca/Exame)

Mineração: CSN Mineração

Benjamin Steinbruch: CEO da CSN (Leandro Fonseca/Exame)

Melhor Startup do Ano: Petlove

Talita Lacerda: CEO da Petlove (Leandro Fonseca/Exame)

Empreendedora Social do Ano: Alcione Albanesi, da ONG Amigos do Bem 

Alcione Albanesi: CEO da ONG Amigos do Bem (Leandro Fonseca/Exame)

Melhor do Ano: Gerdau

CEO da Gerdau Gustavo Werneck com o troféu de Melhor Empresa do Ano (Leandro Fonseca/Exame)