Negócios

McDonald's Japão suspende importação de produtos da China

Filial japonesa suspendeu a importação e a venda de frango e de todos os seus produtos derivados procedentes da China

Mulher passa por um restaurante do McDonald's em Tóquio, no Japão (Yuriko Nakao/Bloomberg)

Mulher passa por um restaurante do McDonald's em Tóquio, no Japão (Yuriko Nakao/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 25 de julho de 2014 às 08h05.

A filial japonesa do grupo de fast-food McDonald's anunciou nesta sexta-feira que suspendia a importação e a venda no arquipélago de frango e de todos os seus produtos derivados procedentes da China.

"Decidimos suspender o fornecimento de carne de frango da China para responder à preocupação dos consumidores depois das informações relacionadas a uma fábrica de Xangai" (no centro de um escândalo de carne estragada), explicou o McDonald's Japão, que também decidiu suspender todas as vendas de produtos com frango procedentes da China que se encontram em seus depósitos.

O McDonald's do Japão comprará todos os produtos de frango da Tailândia para "responder às preocupações de nossos clientes", afirmou o comunicado assinado pela chefe-executiva da empresa no Japão, Sarah Casanova.

Os restaurantes da multinacional americana têm oito pratos à base de frango chinês em seu cardápio no Japão.

O McDonald's tem mais de 3.000 restaurantes em todo o Japão.

Acompanhe tudo sobre:AlimentaçãoÁsiaChinaComércioComércio exteriorContaminação de alimentosEmpresasEmpresas americanasFast foodFranquiasImportaçõesJapãoMcDonald'sPaíses ricosRestaurantesTrigo

Mais de Negócios

O Brasil pode exportar peças para veículos? Essa é a aposta da Bosch após vender R$ 9,8 bilhões aqui

Startup do Amapá capta R$ 3 milhões e já tem R$ 30 milhões para emprestar na Amazônia

Você já ouviu falar na sigla DYOR? Veja por que ela é importante no universo das finanças

Com investimento de R$ 70 milhões, plataforma de renegociação de dívidas entra em operação

Mais na Exame