Negócios

Lucro trimestral da FedEx decepciona

A empresa também reduziu sua previsão de lucro para o ano, citando crescimento modesto da economia


	Caminhão da FedEx: empresa também reduziu sua previsão de lucro para o ano
 (.)

Caminhão da FedEx: empresa também reduziu sua previsão de lucro para o ano (.)

DR

Da Redação

Publicado em 16 de setembro de 2015 às 14h55.

Chicago - A empresa de entrega de encomendas FedEx divulgou lucro trimestral maior nesta quarta-feira, mas abaixo das expectativas de Wall Street, devido às condições econômicas globais fracas e ao dólar mais forte.

A empresa também reduziu sua previsão de lucro para o ano, citando crescimento modesto da economia e custos operacionais mais elevados que o esperado.

Geralmente considerada um termômetro da economia dos Estados Unidos, a FedEx disse que espera lucro por ação para o ano fiscal de 2016, que se encerra em 31 de maio, num intervalo de 10,40 a 10,90 dólares antes de ajustes contábeis do fundo de pensão. A empresa previa antes lucro por ação de 10,60 a 11,10 dólares.

Analistas previam lucro por ação anual de 10,82 dólares.

A FedEx teve lucro líquido do trimestre encerrado em 31 de agosto de 692 milhões de dólares, ou 2,42 dólares por ação, alta de 6 por cento ante mesma etapa de um ano antes. Analistas previam lucro de 2,46 dólares por ação.

A empresa registrou receita no trimestre de 12,3 bilhões de dólares, ante 11,7 bilhões um ano anterior, em linha com as estimativas dos analistas.

Na terça-feira, a principal rival United Parcel Service disse que iria contratar até 95.000 trabalhadores para lidar com o aumento do envio de pacotes no período de festas de fim de ano.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas americanasFedExLucroMercado financeirowall-street

Mais de Negócios

11 franquias baratas para trabalhar sem funcionários a partir de R$ 2.850

Inteligência Artificial no Brasil: inovação, potencial e aplicações reais das novas tecnologias

Mundo sem cookies: as big techs estão se adequando a uma publicidade online com mais privacidade

Ligadona em você: veja o que aconteceu com a Arapuã, tradicional loja dos anos 1990

Mais na Exame