Lucro da Mosaic sobe 26% no 3º tri

Alta foi puxada por vendas de maiores volumes de potássio e fosfatos

	Milho: presidente executivo Jim Prokopanko disse que o inverno prolongado e as potenciais enchentes na primavera do hemisfério norte poderão rebaixar o plantio de milho a menos de 96 milhões de acres.
 (Delfim Martins/EXAME.com)
Milho: presidente executivo Jim Prokopanko disse que o inverno prolongado e as potenciais enchentes na primavera do hemisfério norte poderão rebaixar o plantio de milho a menos de 96 milhões de acres. (Delfim Martins/EXAME.com)
Por Rod Nickel, Bhaswati MukhopadhyayPublicado em 28/03/2013 18:50 | Última atualização em 28/03/2013 18:50Tempo de Leitura: 2 min de leitura

São Paulo - A fabricante norte-america de fertilizantes Mosaic registrou um aumento de 26 % do lucro no terceiro trimestre fiscal, puxado por vendas de maiores volumes de potássio e fosfatos, nesta quinta-feira.

A Mosaic também espera uma robusta temporada de plantio nos Estados Unidos, com produtores dispostos a maximizar a produção para capitalizar com os altos preços de grãos.

Mas o presidente executivo Jim Prokopanko disse que o inverno prolongado e as potenciais enchentes na primavera do hemisfério norte poderão rebaixar o plantio de milho a menos de 96 milhões de acres.

"Ainda temos um longo caminho até que o jogo realmente comece", disse em uma entrevista. "Dependerá do clima." O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) estimou nesta quinta-feira a intenção de plantio de milho do país neste ano em 97,3 milhões de acres.

As ações da companhia com sede em Plymouth, Minnesota, que é maior produtora global de produtos finais de fosfato, operavam em alta em Nova York.

O lucro líquido da Mosaic atribuível aos acionistas no terceiro trimestre subiu para 344,6 milhões de dólares, ou 81 centavos por ação, de 273,3 milhões, ou 64 centavos por ação, um ano antes.

As vendas líquidas subiram 2 % para 2,24 bilhões de dólares.

Analistas esperavam, em média, ganhos de 88 centavos por ação e receita de 2,29 bilhões, de acordo com Thomson Reuters I/B/E/S.

A Mosaic vê forte demanda na maior parte de seus mercados e espera reduzir estoques nos próximos meses, disse Prokopanko.

A companhia estima os embarques de potássio no teto de suas estimativas de entre 55 milhões e 57 milhões de toneladas.


A Mosaic espera vender de 2,3 milhões a 2,6 milhões de toneladas de potássio no atual trimestre, com preços entre 350 e 380 dólares por tonelada, contra 385 dólares do terceiro trimestre fiscal.

A companhia espera preços médios estáveis para os fosfatados no atual trimestre, e vendas entre 2,6 milhões e 2,9 milhões de toneladas. No terceiro trimestre, a companhia vendeu 2,6 milhões de toneladas no quarto trimestre.