Negócios

Lenovo compra empresa alemã por quase US$ 1 bilhão

Negócio vai ampliar atuação da companhia asiática no mercado europeu

Lenovo: quer sair ampliar atuação para além dos emergentes (Cancan Chu/Getty Images)

Lenovo: quer sair ampliar atuação para além dos emergentes (Cancan Chu/Getty Images)

Daniela Barbosa

Daniela Barbosa

Publicado em 4 de setembro de 2012 às 17h56.

São Paulo - A Lenovo anunciou, nesta quarta-feira (1/6), a compra da companhia alemã Medion Deal por 905,8 milhões de dólares.

A estratégia tem como principal objetivo ampliar a atuação da companhia fora do mercado chinês. Em 2009, a Lenovo voltou seus esforços para a China e outras países emergentes.

Com a aquisição, a Lenovo ampliará para 14% sua participação no mercado europeu no segmento de computadores pessoais. No mercado de PCs total, a companhia o market share da empresa será de 7,5%.

Nos três primeiros meses do ano, a companhia registrou lucro de 42 milhões de dólares. O faturamento da companhia cresceu 13% e atingiu quase 5 bilhões de dólares.
 

Acompanhe tudo sobre:AlemanhaEmpresas chinesasempresas-de-tecnologiaEuropaFusões e AquisiçõesLenovoNegociaçõesPaíses ricos

Mais de Negócios

Com doações da Gerdau e da Vale, novo fundo mira R$ 100 milhões para ajudar a reconstruir o RS

“Sem dados não é possível fazer a comparação da energia que merecemos”, diz especialista da Globant

O plano de R$ 250 milhões da dona dos sorvetes Nestlé para ganhar a liderança do mercado no Brasil

5 tipos de embalagens de alimentos para priorizar nas compras do supermercado

Mais na Exame